Pular para o conteúdo

Divulgação encerrada

A oportunidade Mantenedor de VIA (v1844925) não está mais disponível no VAGAS.com.br.
Lgc772015115556

Mantenedor de VIA
v1844925

MRS Logística S.A
  • Ícone de salário
    Salário a combinar
  • Ícone de localização
    Engenheiro Paulo de Frontin
  • Ícone de hierarquia
    Auxiliar/ Operacional
  • Ícone de relógia
    Anúncio expirado

MANTENEDOR DE VIA

OBS: Damos prioridade a pessoas com deficiência e reabilitados do INSS, respeitando os requisitos mínimos para o desempenho de cada função.

O Cargo:

Responsável pela operação de equipamentos rodoferroviários e ferroviários e manutenção da via férrea

Requisitos:


Ensino Fundamental Completo e disponibilidade para viagens

Desejável:

Ensino Médio Completo
Vivência em trabalhos na via permanente
CNH: D

 

O Setor:

Coordenação de Via permanente de Barra do Piraí, responsável por realizar as atividades de manutenção da linha férrea entre as cidades de Barra do Piraí até Japerí.


Inscrições: até 26/02

Localidade da vaga: Engenheiro Paulo de Frontin (RJ)

Benefícios
  • Assistência médica
  • Assistência odontológica
  • Programa de Participação nos Resultados
  • Seguro de vida
  • Vale-refeição
  • Vale-transporte

Lv183248318215922

A Empresa:
A MRS Logística oferece um pacote de benefícios diferenciado e competitivo com o mercado. Este cargo possui um target de remuneração variável, além de salário base compatível com o mercado.

A MRS Logística é uma operadora ferroviária de carga que administra uma malha de 1.643 km nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, região que concentra cerca da metade do PIB brasileiro. A companhia foi criada em 1996, quando o governo transferiu à iniciativa privada a gestão do sistema ferroviário nacional, e hoje está entre as maiores ferrovias de carga do mundo, com produção mais de três vezes superior àquela registrada nos anos 1990.

Nossa malha conecta regiões produtoras decommodities minerais e agrícolas e alguns dos principais parques industriais do país aos maiores portos da região Sudeste, o que confere à nossa operação uma importância econômica diferenciada. Quase 20% de tudo o que o Brasil exporta passam pelos trilhos da MRS, que concentra, apesar da extensão relativamente curta de sua malha, um terço de toda a carga transportada por trens no país (em 2013, mais de 156 milhões de toneladas úteis de carga).