Pular para o conteúdo
  • Publicada em 05/06/2024
  • v2647599

Psicólogo Hospitalar

Viva Rio

Técnico
Que pena, esta vaga está indisponível. As inscrições estão encerradas.
  • Ícone de salário
    Faixa salarial a combinar
  • Ícone de localização
    Rio de Janeiro
  • Ícone de modelo de contratação
    Regime CLT
  • Auxílio creche Auxílio creche
  • Restaurante interno Restaurante interno
  • Seguro de vida Seguro de vida

Descrição


Descrição:

Vaga para Psicólogo Hospitalar


Estamos em busca de um profissional qualificado para atuar como Psicólogo Hospitalar em nossa instituição. O candidato selecionado será responsável por prestar atendimento psicológico aos pacientes internados, bem como aos seus familiares.


Requisitos:

- Formação em Psicologia;

-Pós em Psicologia hospitalar

- Registro ativo no Conselho Regional de Psicologia;

- Experiência prévia em atendimento hospitalar;

- Disponibilidade para trabalhar em regime de plantão.


Responsabilidades:

- Realizar avaliação psicológica dos pacientes internados;

- Elaborar e implementar planos de tratamento psicológico;

- Prestar suporte emocional aos pacientes e seus familiares;

- Participar de reuniões clínicas e multidisciplinares;

-Participar de grupos de acolhimento;

- Manter registros precisos e atualizados das sessões de terapia.




Se você é um profissional comprometido e apaixonado pela área da saúde, candidate-se agora mesmo através do botão abaixo. Estamos ansiosos para conhecer você!

Empresa

O Viva Rio é uma empresa social que constrói paz, inclusão e justiça com projetos inovadores em áreas marcadas pela pobreza e pela violência.

Nasceu em 1993, num movimento pela contenção da violência e pela recuperação da cidade do Rio de Janeiro. Foi concebido de modo quase casual, fruto de um encontro improvável entre lideranças dos vários cantos da cidade, que se reuniram para encarar a crise do Rio. 

Mas seus fundadores foram além e criaram um novo movimento. O Viva Rio tomou uma direção peculiar, de certa forma inesperada, e definiu-se como organização sem fins lucrativos, optando pelo trabalho no interior das comunidades mais vulneráveis. 

Hoje, conserva os valores originais, preserva o estilo e o público alvo. O espírito permanece, firme, forte e brincalhão, mas o corpo já não é o mesmo, ganhou musculatura. Não é mais um “movimento” e, a rigor, já não lhe cabe a qualificação de uma “ONG”. O pessoal engajado e a logística implicada são de grande porte, impensáveis há vinte anos. O Viva Rio é melhor pensado hoje como uma “empresa social”, sempre sem fins lucrativos, mas com as obrigações de eficácia, eficiência e transparência que são exigidas das empresas líderes no mercado.

Publicidade