Pular para o conteúdo
  • Publicada em 14/04/2022
  • v2364660

Técnico de Enfermagem Equipe de Consultório na Rua

Viva Rio

Pleno
Que pena, esta vaga está indisponível. As inscrições estão encerradas.
  • Ícone de salário
    Faixa salarial R$ 2.324
  • Ícone de localização
    Rio de Janeiro
  • Vale-alimentação Vale-alimentação
  • Vale-transporte Vale-transporte

Descrição


Descrição:

• Participar das atividades de atenção à saúde realizando procedimentos regulamentados no exercício

de sua profissão tais como: atuação no território, nas Unidades de Atenção Primária à Saúde e/ou

nos demais espaços comunitários;

• Participar do gerenciamento e organização dos insumos necessários para o adequado funcionamento

do Consultório na Rua;

• Realizar procedimentos técnicos (curativos, administração de medicação injetável ou não; verificação

de pressão arterial; realização de HGT, imunização, testes rápidos; avaliação antropométricas entre

outros);

• Visitar pacientes em outros dispositivos da Saúde, da Assistência Social, da Educação ou outros que

se façam necessários;

• Contribuir para a construção de um projeto terapêutico singular do usuário;

• Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea;

• Realizar as demais atribuições específicas do técnico de enfermagem, descritas na Política Nacional

de Atenção Básica (Brasil, 2012).


Outros requisitos:

Ensino Médio Completo, com curso Técnico de Enfermagem concluído 

Desejável: Residência ou Especialização em Saúde Mental / Saúde da Família; Curso de Atenção Integral à Saúde de Pessoas em Situação de Rua

Empresa

O Viva Rio é uma empresa social que constrói paz, inclusão e justiça com projetos inovadores em áreas marcadas pela pobreza e pela violência.

Nasceu em 1993, num movimento pela contenção da violência e pela recuperação da cidade do Rio de Janeiro. Foi concebido de modo quase casual, fruto de um encontro improvável entre lideranças dos vários cantos da cidade, que se reuniram para encarar a crise do Rio. 

Mas seus fundadores foram além e criaram um novo movimento. O Viva Rio tomou uma direção peculiar, de certa forma inesperada, e definiu-se como organização sem fins lucrativos, optando pelo trabalho no interior das comunidades mais vulneráveis. 

Hoje, conserva os valores originais, preserva o estilo e o público alvo. O espírito permanece, firme, forte e brincalhão, mas o corpo já não é o mesmo, ganhou musculatura. Não é mais um “movimento” e, a rigor, já não lhe cabe a qualificação de uma “ONG”. O pessoal engajado e a logística implicada são de grande porte, impensáveis há vinte anos. O Viva Rio é melhor pensado hoje como uma “empresa social”, sempre sem fins lucrativos, mas com as obrigações de eficácia, eficiência e transparência que são exigidas das empresas líderes no mercado.

Publicidade