Pular para o conteúdo
  • Publicada em 24/06/2021
  • v2227415

Supervisor de Vendas (Paraná)

Catupiry

Supervisão/ Coordenação
Que pena, esta vaga está indisponível. As inscrições estão encerradas.
  • Ícone de salário
    Faixa salarial a combinar
  • Ícone de localização
    Paraná
  • Assistência médica Assistência médica
  • Assistência odontológica Assistência odontológica
  • Auxílio combustível Auxílio combustível
  • Auxílio estacionamento Auxílio estacionamento
  • Seguro de vida Seguro de vida
  • Vale-alimentação Vale-alimentação
  • Vale-refeição Vale-refeição

Descrição


Descrição:

Irá realizar atividades como:

  • Gerir/Acompanhar e resultados de vendas da sua região, acompanhando e validando rotas de atendimento roteirizado a carteira de clientes de cada vendedor, a fim de garantir a melhor distribuição de sua equipe de vendas, objetivando o maior número de atendimentos aos clientes de sua região.
  • Visitar periodicamente a base de clientes de sua região, apoiando os vendedores em negociações especiais nos clientes de alto volume/faturamento, assegurando o cumprimento dos objetivos de metas, garantindo as negociações dentro da politica comercial vigente em cada canal e um faturamento de nível elevado para o crescimento da empresa.
  • Acompanhar sua equipe de vendas na realização de visitas em todos os clientes de sua carteira de acordo com o planejamento da rota, executando ações de PDV´s de acordo com o Planograma e manual de execução e propondo melhorias.

 

Requisitos:

  • Necessário ter CNH B e disponibilidade para viajar;
  • Imprescindível ter experiência com gestão de equipe, já ter nos canais Key Account, Cash & Carry, Key Account e distribuidor, e conhecimento com indicadores da área. 

Empresa

Foi há mais de 100 anos, em Minas Gerais, que os imigrantes italianos Mário e Isaíra Silvestrini produziram o primeiro requeijão cremoso do Brasil. De uma receita de família, o casal fez nascer a Laticínios Catupiry®, um sonho que virou realidade em novembro de 1911, na estância hidromineral de Lambari.

Era nessa pequena fábrica mineira que Mário e Isaíra Silvestrini produziam o requeijão quase artesanalmente. Depois de pronto, cada requeijão era envolvido em papel celofane e cuidadosamente colocado um a um em pequenas caixas de madeira. O que eles não imaginavam é que o requeijão de consistência cremosa, porém firme, e as caixas redondas de madeira produzidas à mão, viriam a se tornar verdadeiros ícones.

Publicidade