Home > Carreira > Evolução profissional > Você sabe como pedir promoção?

Você sabe como pedir promoção?

Veja quais são os principais erros que você precisa evitar nessa conversa
Blocos de montar

Bom seria entrar na sala do chefe, ler pra ele uma lista de reivindicações e sair de lá com uma bela de uma promoção. Mas a realidade é mais cruel… Muita gente, especialmente com o atual momento econômico, sua frio quando decide subir aquele degrau na carreira, alçando novos vôos em busca de mais desafios, mais responsabilidades e, claro, maior retorno financeiro. Se você quer mesmo conversar com seu superior sobre isso, veja como pedir promoção sem se atrapalhar nessa hora.

O que é promoção na empresa? 

Uma promoção na empresa pode ser apresentada em diversos formatos. O mais comum – e mais desejado – a promoção de cargo que vem acompanhada por um aumento de salário – além, é claro, de mais responsabilidades. 

No entanto, também é uma promoção quando você recebe aumento de salário, sem necessariamente ser promovido de cargo no mesmo momento. 

Há ainda aquela situação comum em situações de crise, quando você ganha mais responsabilidade ou até é promovido de cargo, mas recebe pouco ou nenhum aumento de salário. 

Como pedir promoção para o seu chefe?

Perita em gerenciamento e autora do livro “Tame Your Terrible Office Tyrant: How to Manage Childish Boss Behavior and Thrive in Your Job” (“Dome o Terrível Tirano do Escritório: Como Lidar com o Comportamento Infantil do seu Chefe e Prosperar em seu Trabalho”), a americana Lynn Taylor dá algumas dicas para quem quer pedir promoção para o chefe. Ela afirma que é natural que o profissional sinta medo nesse momento porque, embora a ambição seja legítima, ele corre o risco de parecer muito ambicioso ou de não estar focado o bastante em fazer o melhor trabalho, e isso pode provocar um mal-entendido desnecessário. 

Para ajudar quem quer fazer isso da melhor forma, ela elaborou uma lista dos erros mais comuns que funcionários cometem. Confira a seguir quais são eles e – claro – como você pode evitá-los. 

1. Pedir demais de uma vez

Muitos funcionários pedem promoção, aumento, privilégios e mais tecnologia – tudo ao mesmo tempo. “Isso provavelmente frustrará o chefe”, diz Lynn Taylor. “Mantenha suas prioridades numa lista tão concisa quanto possível.”

2. Acreditar que as promoções são baseadas só em mérito

Em muitas empresas, a política e outros fatores entram em jogo. É importante analisar a cultura corporativa para determinar no que você precisa se concentrar e ir além.

3. Negligenciar seus objetivos a longo prazo

Às vezes as pessoas ficam tão envolvidas em conseguir a promoção que deixam de pensar no total de sua carreira e suas metas. “Pergunte-se regularmente o que você quer fazer em 5 ou 10 anos”, diz Taylor.

4. Esforçar-se demais

Tem gente que se concentra muito em “puxar o saco”. Mas a maioria dos gerentes não gosta desse comportamento e pode ter um efeito negativo na mobilidade. Se você se concentrar em fazer seu trabalho bem e estiver alinhado com a cultura do escritório, você vai muito mais longe do que simplesmente tentando atender seu chefe em cada capricho.

5. Pensar que uma promoção vai “consertar” tudo

“Uma promoção ou aumento nunca são, necessariamente, sinônimos de felicidade instantânea”, diz Lynn Taylor. “Examine se realmente esse é o caminho de curto prazo ou algo de fato valioso”.

6. Passar longe do seu alvo

Em vez de apenas tentar impressionar seu superior na hierarquia, dê atenção de fato aos seus projetos, ofereça ajuda aos colegas de mesmo nível – ou mesmo pergunte ao seu gerente se há alguma outra maneira de contribuir.

Talvez isso permita que seu chefe veja sozinho os benefícios de explorar melhor suas habilidades.

7. Lugar errado, hora errada

“Certifique-se de que o local é apropriado para a conversa sobre promoção e que há tempo disponível para isso”, sugere Taylor. “Evite a hora antes do almoço ou o fim do dia, quando as pessoas têm mais pressa de sair. E se seu chefe teve um problema ou está terrivelmente ocupado, melhor esperar.”

8. Pedir uma promoção simplesmente com base no tempo empregado

Um erro comum é achar que longevidade é igual uma promoção. Só porque você tem “X” meses ou anos no currículo, não quer dizer que você é automaticamente qualificado. Suas contribuições precisam criar valor – e você pode, às vezes, ponderar sobre isso consultando o setor de recursos humanos.

9. Usar o pedido para “testar” seu empregador

Pedir uma promoção apenas para “testar” como o chefe está vendo o seu trabalho não é uma estratégia eficiente. Se quiser saber se ele está satisfeito com você, o melhor a fazer é ter uma conversa com ele e simplesmente perguntar.

10. Agir de forma inadequada

Por exemplo: reclamar para o chefe que pessoas de fora estão sendo entrevistadas para a posição que você quer é inaceitável. Lamentar-se só diminui seu profissionalismo e credibilidade.

11. Não ter fatos sobre suas credenciais

A empresa vai querer saber o porquê da sua vontade de ser promovido. E isso não é só sobre porque você merece, mas o que será bom para a empresa. “Tenha um fluxo lógico de razões (nível de experiência, mais responsabilidade, realizações coletivas e seu arquivo pessoal de conquistas) prontos”, diz Lynn. “Por escrito, se necessário.”

12. Falta de persistência

Lynn Taylor diz que funcionários, às vezes, desistem muito rapidamente. “Se você fugir ao ver as primeiras franzidas de sobrancelha do chefe, você pode perder uma oportunidade de ouro”, ela diz. Faça uma explanação lógica e consistente e não pare por aí, acompanhe os acontecimentos e não deixe que tudo caia no esquecimento. “Seu chefe pode ficar meio surpreso com o pedido, então certifique-se, antes de deixar a conversa, que vocês acertaram os próximos passos e têm as mesmas expectativas”, finaliza.

Não tenho chefes. Como posso evoluir na empresa? 

Quem trabalha em empresas horizontais, em que não há chefes e subordinados, precisa encontrar outro caminho para pedir “promoção” – o que, neste caso, não significa exatamente uma mudança de cargo, mas de nível (júnior, pleno ou sênior) seguida por um aumento na remuneração. 

Na VAGAS, por exemplo, quando um profissional acredita que deva ser mais bem remunerado, ele pode submeter seu pedido a um comitê de remuneração. Esse comitê vai avaliar seu desempenho e decidir se ele merece – ou não – esse aumento de salário.

A dica, que vale tanto para quem tem quanto para quem não tem chefe, é focar o pedido em resultados. “É preciso mostrar o que você entregou para empresa, que resultados alcançou, como contribuiu para o resultado final”, recomenda Luciana Calegari, do RH da VAGAS. “Ninguém deve acreditar que merece um aumento porque seu custo de vida aumentou ou simplesmente porque está há anos na empresa”, alerta.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.