Home > Carreira > Qualidade de vida > Profissões estressantes: você sabe quais são?

Profissões estressantes: você sabe quais são?

Confira quem são os profissionais que mais sofrem com transtornos psicológicos

Será que a sua profissão está no top 10 de profissões estressantes? O estresse, para quem não sabe, é a soma de respostas físicas e mentais causadas por determinados estímulos externos que influenciam cada pessoa, sendo que muitos destes estímulos estão completamente ligados ao trabalho. 

Estresse no trabalho: uma realidade

O site norte-americano Career Cast resolveu listar os 10 profissões mais e menos estressantes. A lista, claro, tem um viés voltado para o mercado norte-americano, mas é possível para nós, brasileiros, encontrarmos algumas similaridades com nosso mercado de trabalho. Por exemplo, empregos que exigem porte de arma (como policial e militar), cargos executivos ou cujo trabalhador é responsável direto pela vida de outras pessoas estão entre os mais estressantes, segundo o Career Cast.

Vale destacar que os brasileiros estão entre os profissionais mais estressados no mundo. A pesquisa Pesquisa Stress no Brasil, realizada pelo instituto de Psicologia e Controle do Stress (IPCS), sob a direção da Dra. Marilda Novaes Lipp, é um dos estudos que comprovam isso. 

Estresse entre os profissionais brasileiros

Quando perguntados sobre seu nível de estresse em uma escala de 1 a 10, 34,26% dos brasileiros dizem viver em estresse extremo (ou seja, entre 8,9 e 10 na escala de 10 pontos). Essa incidência de extremo estresse é muito maior do que a detectada na pesquisa americana. Por lá, somente 20% dos respondentes se colocaram nesse nível. Além disso, na pesquisa brasileira, 4,02% das pessoas disseram estar experimentando o máximo de stress possível (10 na escala de 10 pontos). 

A pesquisa também perguntou o que as pessoas consideram ser um nível normal de estresse para um ser humano adulto. A quase totalidade (91,96%) dos respondentes acredita que o normal seja até 5 ou 6 da escala de 10 pontos. No entanto, 33% consideram que seu nível de estresse é excessivo e somente 11,96% o consideram saudável. 

Pode-se, portanto, inferir o quanto os respondentes devem estar sofrendo do stress excessivo que experimentam, sabendo, inclusive, que estão provavelmente transcendendo seus limites. O nível de stress detectado ultrapassa muito o que os participantes consideram normal.

E tem mais. O número de brasileiros que consideram que o estresse está aumentando é maior do que o de americanos – foram 37,79% contra 35%, respectivamente. 

A pesquisa também avaliou as doenças que os respondentes dizem ter. Entre os 1.100 participantes, 52,28% deles disseram ter ou já ter tido o diagnóstico de estresse, o que mostra a gravidade do assunto no Brasil. Além disso, 55,6% sofrem ou já sofreram de ansiedade, 23,20% têm ou tiveram o depressão e 10,37% têm ou tiveram pânico – todos esses transtornos de origem psicológica. Também 32,64% disseram ter gastrite e 20,45%, asma ou outra doença respiratória.  (20,45%) lideram as doenças psicossomáticas.

Quais são as profissões mais estressantes?

Confira abaixo a lista das 10 profissões mais estressantes e o valor aproximado mensal do salário de cada profissional no mercado norte-americano.

Top 10 das profissões mais estressantes

Empregos mais estressantes
1) Militar alistado
Pontuação: 84,72
Salário médio mensal: R$ 4.800

2) General militar
Pontuação: 65,54
Salário médio mensal: R$ 40.000

3) Bombeiro
Pontuação: 60,45
Salário médio mensal: R$ 8.800

4) Piloto de companhia aérea
Pontuação: 60,28
Salário médio mensal: R$ 22.000

5) Coordenador de eventos
Pontuação: 49,93
Salário médio mensal: R$ 8.800

6) Executivo de relações públicas
Pontuação: 48,52
Salário médio mensal: R$ 10.000

7) Executivo corporativo (sênior)
Pontuação: 47,46
Salário médio mensal: R$ 32.000

8) Repórter (jornal)
Pontuação: 46,75
Salário médio mensal: R$ 6.800

9) Policial
Pontuação: 46,66
Salário médio mensal: R$ 10.000

10) Taxista
Pontuação: 46,18
Salário médio mensal l: R$ 4.500

Profissões menos estressantes? Sim, elas também existem

Na outra ponta da tabela, a lista das profissões menos estressantes engloba profissionais que lidam com arte (artista multimídia), moda e beleza (cabeleireiro, joalheiro e costureira), educação (professores universitários e bibliotecários) e saúde (nutricionista e fonoaudiólogo), entre outros – há até Operador de Máquinas, um emprego que requer bastante cuidado e atenção, e surpreende na lista.

Um dos fatos que chama a atenção na comparação entre as listas é que, muitas vezes, um emprego muito estressante não é necessariamente tão bem remunerado quanto uma profissão que não estressa, e isso pode ser observado nas duas profissões que lideram a lista: um militar alistado (profissão mais estressante) recebe aproximadamente R$ 4.800 por mês enquanto um fonoaudiólogo (profissão menos estressante) pode alcançar até R$ R$ 13.000/mês.

Top 10 das profissões menos estressantes

1) Fonoaudiólogo
Pontuação: 3.35
Salário médio mensal: R$ 13.000

2) Cabeleireiro
Pontuação: 5.41
Salário médio mensal: R$ 4.500

3) Joalheiro
Pontuação: 7.26
Salário médio mensal: R$ 6.800

4) Professor universitário (titular)
Pontuação: 8.43
Salário médio mensal: R$ 12.000

5) Costureira
Pontuação: 9.5
Salário médio mensal: R$ 5.000

6) Nutricionista
Pontuação: 10. 24
Salário médio mensal: R$ 10.500

7) Técnico de registros médicos
Pontuação: 10,5
Salário médio mensal: R$ 6.700

8) Bibliotecário
Estresse Pontuação: 10,58
Salário médio mensal: R$ 10.000

9) Artista multimídia
Pontuação: 10,94
Salário médio mensal: R$ 11.000

10) Operador de Máquinas
Pontuação: 11,32
Salário médio mensal: R$ 6.800