Home > Oráculo > Se liga no repertório, mano!

Se liga no repertório, mano!

Por Fátima Motta

Enfim, chegou o dia “daquela”  entrevista, para “aquela” vaga, “daquela” empresa tão sonhada!

Que maravilha! Seu currículo foi selecionado dentre milhares (claro, você fez tudo o que é recomendado para atrair a atenção dos recrutadores), vestiu a melhor roupa (“aquela” que lhe cai bem) e antecipou-se para não perder a hora. Parecendo um noivo!

Chega cedo, se apresenta para a recepcionista, do canto do olho observa como é o ambiente da empresa. Recusa água e café com medo de pingar na roupa. Responde o “bom dia” de todos que passam por você. Sente vontade de roer a unha, mas segura firme!

Afinal, é “aquela” oportunidade!

E… entra em cena: uma selecionadora (por que é sempre mulher?), sorridente, em uma sala sem muitos enfeites, oferece a cadeira e a conversa começa.

– Onde, quando, o que, como, quem, resultado, entrega, produto, patati, patatá e…

– Senhor candidato, qual foi motivo do senhor ter sido desligado do último emprego?

Aquela engolida em seco …

– Bem, acho que fui prejudicado… sabe, eles tinham que escolher alguém, e eu fui o “bode respiratório”. (Como? Respiratório?).

– E por que o senhor acha isso?

Respirando fundo…

– É que todos ali formavam uma turma muito protegida, inatingível… assim como numa “roldana”  de vidro! (O que? Não seria redoma de vidro?).

– E aí, o que aconteceu?

E querendo aparentar ser dono da situação:

– Bom… eu queria ficar e para isso ficava na minha para não ser um “pombo” da discórdia. (Oi?!).

É, não vai dar, né Sr Candidato. O que é isso? Dá onde saiu tanta erudição?

Olha… ou você lê, lê bastante, aumenta seu vocabulário e se apropria do que sabe ou não vai dar!

Querer falar bonito, aparentar uma erudição, uma empostação, mas logo de cara, tropeçar nas palavras, nas linhas de pensamento, na falta de um bom, simples e claro português…  não rola, né?!

Desse jeito, não estou “deslumbrando” nada de bom para você!

Ops… vislumbrando!

Falô, mano?!

 

Fatima MottaFátima Motta é coach formada pelo Instituto EcoSocial e certificada pela ICF (International Coach Federation) e tem 30 anos na área de Recursos Humanos, treze deles como gestora no Grupo Andrade Gutierrez. Psicóloga de formação, pós-graduada em RH, atualmente atende dezenas de profissionais e trainees como coach. Fátima Motta é colaboradora exclusiva do VAGAS Profissões. Não perca as dicas de carreira que ela tem a passar!