Home > Oráculo > As mudanças na web

As mudanças na web

por Rodrigo Bueno

Olá, pessoal. Hoje vamos falar sobre as eras da web.

A primeira fase da web – 1.0 – foi marcada como a internet das empresas já que os consumidores/usuários tinham o poder de apenas consumir o conteúdo colocado pelas companhias. Nesta época, não havia comunicação de duas vias entre cliente e marca.

Não sei se todos se lembram, mas os primeiros sites e portais eram mais ou menos assim:

antesedepois_sites_f_002 UOL

Muito diferente do quem temos hoje, não é mesmo?

Já na fase 2.0, onde nos encontramos atualmente, estamos vivendo a era da internet das pessoas, onde o consumidor pode tanto consumir através de portais e websites quanto produzir conteúdo. Por exemplo, hoje em dia a marca tem o poder de colocar sua imagem na web, mas o consumidor possui a autonomia para falar dela. A comunicação necessita de duas vias para ser bem-sucedida: a empresa fala, o cliente responde e vice-versa. Essa mudança ocorreu principalmente porque o marketing se transformou ao longo dos anos, migrando seu antigo foco, apenas no produto, para o cliente também. Automaticamente, o consumidor  também se modificou, e as mídias – no nosso caso, a web – sofreram esta consequência.

Infelizmente, algumas empresas ainda não possuem esta via de relacionamento com o seu consumidor, o que pode ser exemplificado como um case negativo. Afinal, o que o seu consumidor diz sobre você pode ser muito mais importante do que a imagem que você tem tentado passar para o mercado. Vale a pena monitorar como está a “fama” da sua marca pela internet.

E quanto à web 3.0? Ela é denominada como “internet das coisas”, onde objetos estarão conectados e poderão comunicar-se entre si e com outras pessoas. Exemplo de produto muito falado quando se trata de tendências é  a geladeira do futuro, que será programada pelo seu dono para contatar diretamente o supermercado quando certos alimentos estiverem acabando.

O assunto desta nossa fase da web é muito complexo, mas vale ressaltar que as marcas já podem ficar de olho pois o futuro é breve e a tendência é que ocorram novamente mudanças significativas nas práticas de propaganda e marketing digital.