Home > Oráculo > Fazer intercâmbio: para onde devo ir?

Fazer intercâmbio: para onde devo ir?

Por Felipe Martins

Fazer intercâmbio para onde devo ir?Sabemos que “experiência internacional” é um grande diferencial de candidatos nos processos seletivos para as vagas de emprego. E você? Está entre o grupo de pessoas que gostariam de fazer um intercâmbio? Se sim, você pode estar se perguntando: “por onde começar? Para onde devo ir?”.

Resultados do estudo feito pela Ideafix Pesquisas Corporativa mostraram que o Canadá é o país mais procurado pelos intercambistas brasileiros, seguido dos Estados Unidos, Malta, Nova Zelândia, África do Sul e China. Eles buscam high school, programas de trabalho, cursos de férias, cursos de graduação e pós-graduação. Mas o que os intercambistas mais se interessam é a fluência no novo idioma e a experiência adquirida em um novo país.

Se você está querendo fazer uma imersão em uma nova cultura com outro idioma pode pensar: “vou evitar estes países para não encontrar brasileiros”. Sim! Este é um dos maiores receios dos futuros intercambistas e realmente você deve se precaver. Falando um pouco sobre minha própria experiência, quando fiquei seis meses no Canadá, meu pensamento era evitar ao máximo o contato com brasileiros. Mesmo porque, parafraseando um amigo meu, “talvez não exista lugares que você não os encontrará”.

Fazer intercâmbio para onde devo ir?Realmente foi isto que aconteceu. Deparei-me com muitos brasileiros por lá, porém tive contato com poucos deles. Procurava ficar nos grupos de amigos “estrangeiros”, assim praticávamos somente o inglês. Esta é uma tarefa que vai de você, do seu próprio “querer”.

Claro, para um “marinheiro de primeira viagem” do intercâmbio, este é somente um dos motivos que mais dão receio. São inúmeras as dúvidas e são muitas as variáveis para a escolha de um destino. Aqui estamos focando somente esta questão!

Agora aqui vão as dicas para você que passou da fase de escolha do destino:

  • Organizar a documentação para o passaporte (com validade mínima de seis meses);
  • Tirar o visto – este processo que inclui: preenchimento de requerimentos, pagamento de taxas, agendamentos de entrevistas e instrução de documentação pode ser facilitado por empresas especializadas neste negócio como a Infovistos.

Entre os destinos mais procurados, o visto é exigido nos Estados Unidos, Canadá e China. Na África do Sul e Nova Zelândia o visto é necessário somente se os cursos durarem mais de 90 dias. Já para Malta, é possível obter a autorização na chegada ao país.

Veja seus objetivos, escolha seu destino e organize-se!

Fonte das imagens:
www.3aidade.com.br
estopim-online.blogspot.com.br