Home > Oráculo > Como vencer a procrastinação?

Como vencer a procrastinação?

Cuidado para não deixar a inércia paralisar a sua carreira

por Stephanie Crispino*

Sempre gostei de pensar sobre motivação e entender o que verdadeiramente nos move. A verdade é que, aliada à noção de movimento, precisamos começar a perceber não apenas a sua fonte, mas também o que nos desacelera ou, mesmo, nos paralisa. Essa mania de deixar tudo para o dia seguinte tem nome: procrastinação.

É lógico que saber onde queremos chegar é importante. No entanto, pouco irá adiantar ter um mapa pendurado na parede do seu quarto, com todos os destinos que você quer conhecer um dia, se você não fizer nada para ativamente chegar lá.

Aqui surge um dilema a se considerar: já existem coisas que você gostaria de fazer – não precisa ser um plano para os próximos 15 anos, basta ter vontade de voltar a dançar; finalmente se inscrever na academia; escrever um livro sobre uma experiência importante da sua vida ou procurar um novo emprego – e, então, por que ainda não fez essas coisas?

As desculpas costumam ser criativamente variadas para a procrastinação: desde o mais clássico “não tenho tempo” até o mais complexo “mas será que eu quero mesmo isso?”. E você, qual a desculpa para ainda não ter ido atrás dos seus objetivos? Aqui vão algumas dicas que podem auxiliar a tirá-lo da inércia de deixar tudo para o dia seguinte.

3 passos para vencer a procrastinação

1. Aceitação

Primeiro, e mais importante, existe um passo de aceitação que nem sempre é fácil. Você sabe dizer exatamente o porquê de não ter feito o que você já disse para si mesmo que queria alcançar? Como você tem se sabotado até agora?

Mencionei que nem sempre é fácil, porque chegar à conclusão de que não estamos na nossa máxima performance, e ainda podemos ser o problema, não é uma descoberta muito agradável. Porém, que tal pensar assim: se você tem sido o seu próprio inimigo, sinal de que a chave para solucionar a procrastinação também está em você.

2. Planejamento

Você, muitas vezes, já sabe o que deve fazer para alcançar o seu objetivo – seja pedir ajuda a alguém, enviar um e-mail, terminar aquele curso que já está de escanteio há tanto tempo. Portanto, escreva todos esses passos que já sabe que serão cruciais para levar você até esse destino, não importa qual seja ele.

Neste momento, é importante focar no essencial. Nada de listar mil e uma coisas que você adoraria fazer, mas não são responsáveis por mais de 50% do resultado que espera. Comece pelo mais simples: qual o primeiro passo que você precisa dar hoje para chegar lá?

3. Execução

Escreveu? Agora é hora de fazer, fazer e fazer! Testar novas estratégias, se for preciso, mas fazer sem se deixar levar pelas desculpas que, infelizmente, vão aparecer para desviar a sua trajetória. Você terá de se manter firme e resiliente mesmo com as pedras no meio do caminho. Por isso, enquanto estiver executando, não deixe de refletir.

Pense no que você já fez e no que não conseguiu atingir. Por que certas coisas deram certo e outras não? Como você pode aprender com isso e aplicar estes aprendizados na próxima ação que for incluir na sua lista? Ao avaliar o seu progresso, lembre-se de não se cobrar demais, pois uma auto-exigência excessiva pode se tornar um sabotador.

Passar novamente por esses três passos pode ser importante durante o processo. Afinal, não é sempre que acertamos nas nossas hipóteses. Será apenas arriscando e testando cada uma que saberemos quais funcionam no mundo real. Também será apenas dessa forma que você saberá os seus reais limites. Você sempre quis correr uma maratona, mas não tem certeza se é capaz. Bom, você só poderá testar o seu limite se tentar e não paralisar depois do primeiro passo.

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o agora!

 

*Stephanie é coach de carreira e fundadora da Proposital Coaching.