Home > Carreira > Primeiro emprego > O que é Job Rotation? Veja benefícios e desvantagens

O que é Job Rotation? Veja benefícios e desvantagens

Entenda o que você pode ganhar ao passar por diversos cargos e áreas na mesma empresa
profissionais participam de job rotation pela empresa

O job rotation – ou “rotação pelo trabalho”, em português – é a prática de fazer com que o funcionário trabalhe em diversas áreas ou funções (normalmente do mesmo nível) por determinado tempo para que ele adquira novos conhecimentos e competências, além de ganhar motivação ao começar uma nova rotina. 

Inicialmente, o job rotation era bastante comum em programas de trainee, quando o recém formado precisa ser confrontado com o máximo possível de situações para garantir um desenvolvimento acelerado das suas competências. 

Hoje em dia, no entanto, essa prática pode ser oferecida tanto em programas de estágio quanto em funções mais seniores, dependendo sempre do objetivo final da empresa.

Como funciona o job rotation?

O job rotation faz com que o profissional assuma diversos papéis na mesma organização em um determinado período. Esses papéis podem ser distribuídos por diferentes áreas ou por diferentes cargos na mesma área. 

A ideia, no entanto, é que todas as funções tenham o mesmo nível. Ou seja, o job rotation por si só não é uma promoção. É uma forma de acelerar o desenvolvimento do profissional e seu acúmulo de experiência para que ele possa entender a empresa – ou a área – como um todo. 

Vantagens do projeto de job rotation

Aprender e ampliar as possibilidades para sua carreira são sem dúvida algumas das principais vantagens do job rotation. Confira a seguir o que essa prática pode trazer de bom para você.  

Aprender novas funções

A possibilidade de desempenhar diversas funções na mesma empresa faz com que você aprenda muito mais coisa em um período de tempo mais curto. Você pode conhecer, por exemplo, todo o processo de produção da empresa. Sabendo como se comportar no job rotation, você pode também conhecer áreas pelas quais você não teria oportunidade de passar em outras situações. 

Ganhar flexibilidade

Quando você experimenta trabalhos diferentes ganha flexibilidade para assumir projetos, áreas ou funções que não necessariamente estão ligados à sua função de origem. Isso significa que você pode ser promovido para um cargo que não necessariamente seja o do seu chefe. Se surgir uma vaga em alguma área em que você se saiu bem, você pode conseguir um cargo mais alto com o job rotation. O mesmo vale para liderar um projeto, por exemplo. 

Experimentar novas funções

O job rotation também permite que você descubra novas funções em que pode se sair bem. Você pode nunca ter imaginado trabalhar em vendas, mas, ao passar pela área, alcançar bons resultados e mostrar potencial. Você também pode nunca ter considerado atuar em RH, mas descobrir que gosta do assunto e que leva jeito para isso. 

Resgatar sua motivação

Depois de um tempo em determinada área ou função é natural que você perca um pouco da motivação inicial que tinha para o trabalho. O job rotation, então, pode resgatar essa motivação ao apresentar novas responsabilidades e rotina, além de novos colegas de trabalho. 

Aumentar seu networking

Uma consequência natural de passar por diversas áreas ou cargos é interagir com um número maior de pessoas na empresa. Isso, claro, aumenta sua rede de contatos e torna seu nome mais conhecido internamente. 

Desvantagens da rotação de trabalho

O job rotation, mesmo quando muito bem conduzido pela empresa, tem também as suas desvantagens. Para começar, ele exige muito esforço do profissional. Ao mesmo tempo, não oferece qualquer benefício financeiro ou qualquer garantia de promoção após a rotação pela empresa. Confira seus principais pontos negativos. 

Adaptação sem fim

O job rotation exige que o profissional se adapte rapidamente a novas funções e rotinas. Isso, claro, torna a rotina mais pesada. Você pode ter a sensação de ser transferido sempre que está quase pegando o jeito. Sabe como é? 

Ciclos incompletos

O job rotation, como dissemos, proporciona um conhecimento mais geral da empresa ou de determinada área da empresa. Uma desvantagem, no entanto, é que você fica pouco tempo em cada função – ou seja, você não fecha ciclos. Por isso, dificilmente você conseguirá desenvolver todo seu potencial e entregar bons resultados em cada uma. 

Movimentos forçados

Pode acontecer também de você parar em uma área ou uma função que não tem nada a ver com você. Especialmente se você está satisfeito e motivado no cargo que ocupa, o job rotation pode ter efeito inverso do esperado e acabar com a motivação que você tinha para trabalhar. 

Frustração

O job rotation exige muita energia e muita capacidade de aprender do profissional. Não custa lembrar que, apesar de toda essa exigência, essa prática é garantia de promoção. Ela pode aumentar suas possibilidades de ser promovido, mas nada garante que isso irá de fato acontecer em algum momento. 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.