Home > Inovação > Inovações ressaltam o lado lúdico do ensino 

Inovações ressaltam o lado lúdico do ensino 

por Fernando Porto

Incentivar os alunos a estudarem não é uma façanha só para professores talentosos. A tecnologia tem contribuído para criar formas de despertar o interesse de crianças e adolescentes para o aprendizado. Uma dessas séries de inovações é direcionada ao ensino público e envolve uma parceria de uma grande empresa da indústria química e outra especializada em soluções educacionais:  Dow e EvoBooks. A  Educopédia é uma plataforma online colaborativa de aulas para a disciplina de Ciências das escolas municipais do Rio de Janeiro.  O conteúdo foi desenvolvido pela EvoBooks e por professores especialistas na área, proporcionando aulas interativas e desenvolvidas em 3D, que podem ser executadas em lousas digitais e computadores.

Por meio de um laboratório de ciências virtual com recursos em 3D,  o objetivo do projeto é valorizar o conteúdo científico e fomentar o interesse dos jovens por estes temas, com o desenvolvimento de atividades autoexplicativas que abordam a ciência de forma lúdica e prática. É possível assistir o vídeo demonstrativo dos livros-apps da Evobooks aqui.

A parceria com a Dow é um dos vários projetos da Evobooks para oferecer conteúdo curricular 3D para computadores, tablets, smartphones e lousas digitais. A startup surgiu no final de 2011, criada  por Felipe Rezende, Carlos Grieco e Guilherme Otranto, com apoio de alguns dos principais investidores de capital-semente do Brasil, incluindo alguns “angels” e fundadores do Buscapé, entre outros investidores com experiência em tecnologia, educação e desenvolvimento de empresas.

Livro-aplicativo, um novo conceito
“Para engajar o aluno, já não basta converter o conteúdo dos livros tradicionais para o formato eletrônico, como um PDF ou e-book. Por isso desenvolvemos um novo conceito: o livro-aplicativo. Com ele, combinamos os gráficos e interatividade dos games ao conteúdo curricular estruturado”, explica Felipe Rezende, fundador e diretor executivo da EvoBooks. “Esses livros-apps são elaborados para duas formas de uso pelos alunos. A primeira em tablets ou notebooks, estudando da mesma forma que um livro tradicional, ou pelo professor, com recursos multimídia na sala de aula, como TVs, projetores e lousas digitais”, complementa.

shutterstock_172223189 oi

O material é desenvolvido por professores, que orientam o desenvolvimento das ferramentas de suporte ao aluno e professor. Atualmente são abordados temas de Ciências da Natureza e Humanas, mas as possibilidades de livros-apps envolvem outras disciplinas do ensino básico, como Matemática, Português, História e Geografia. “O resultado é uma coleção de aplicativos interativos com conteúdo curricular desenvolvido para tablets, smartphones e lousas digitais, disponível para diferentes sistemas operacionais, como Android, iOS, Windows, Mac e Linux”, explica Carlos Grieco, também fundador e diretor comercial e de marketing.

Diversão e ensino para todas as faixas
A Apple está indicando alguns aplicativos dedicados à educação com os quais jovens de diferentes faixas etárias podem aproveitar ao máximo o aprendizado. Para as crianças pequenas, destaca-se o “PlayKids”, da Movile Internet Movel: um aplicativo gratuito que oferece um modo divertido para a criançada se divertir interagindo com personagens da Galinha Pintadinha, da Turma da Mônica, entre outros. Além de escolher os vídeos favoritos dos seus filhos, há jogos de memória, piano mágico para interagir, livros de colorir, e aulas de desenho.

Para os mais grandinhos, a interação com o iPad vai impressionar e ensinar com o app “O Corpo”, da Tinybop Inc, com o qual as crianças aprendem como funciona o corpo humano. Além do áudio explicativo ao toque, o app usa muito bem os recursos do iPad para ensinar como, por exemplo, a câmera frontal para demonstração do funcionamento da visão, o microfone para mostrar o funcionamento da audição e o módulo de orientação do dispositivo para mostrar os efeitos da gravidade sobre o corpo.  Custa US$ 2,99 na Apple Store.

Para os marmanjos que tentam uma carreira, vale a pena conhecer o app gratuito “Concursos – Videoaula e Simulado para Concurso Público e OAB”, da Movile Internet Movel . Além das videoaulas, há simulados com centenas de provas completas, além de permitir a sincronização de aulas e materiais no iPad para estudar sem a necessidade de conexão com a internet. Também é possível até assistir na TV porque há suporte para quem possui Airplay.