Home > Carreira > Qualidade de vida > Como manter hábitos saudáveis no trabalho a distância?

Como manter hábitos saudáveis no trabalho a distância?

Confira alguns cuidados que você precisa tomar para não perder a saúde durante a quarentena

Muitos profissionais foram obrigados a encarar o trabalho a distância durante este período de pandemia.

Quem já estava acostumado ao home office não estranha tanto. Mas quem, de uma hora para outra, deixou de sair de casa para trabalhar precisa criar uma nova rotina para manter hábitos saudáveis e não prejudicar a saúde no meio de tanta adaptação. 

Mudança de rotina no trabalho a distância

Em períodos normais, por exemplo, você acordava, tomava café da manhã, escovava os dentes, tomava banho e saia para o trabalho. Almoçar era simples – bastava escolher o restaurante do dia e a comida estava lá, quentinha. Certo? E agora?

Pode parecer bobagem, mas é preciso ficar atento para não descuidar daqueles cuidados básicos com higiene e alimentação e nem prejudicar sua produtividade no home office. Para ajudar no conteúdo deste post, pedimos algumas dicas para a nutricionista, pesquisadora e professora universitária Samantha Rhein. 

O desafio da alimentação saudável no home office

Samantha entende que muitas vezes seja difícil controlar o que comemos no trabalho a distância. “Sentimos mais fome ou ‘vontade’ de comer’, uma certa ansiedade e, muitas vezes, aquela tendência de tentar compensar algo comendo”, diz ela.

Para essa situação, sua recomendação é tentar ter consciência do que está acontecendo para contornar a situação e manter o controle. Do contrário, acabamos seguindo no piloto automático.

Tente cozinhar em casa

Quem está começando o trabalho a distância pode se deparar com esta dúvida: é mais saudável preparar as refeições ou comprá-las prontas. A recomendação da nutricionista é clara: “Faça você mesmo!”. 

A dica é tirar um dos períodos de um dia da semana para preparar alguns alimentos considerados coringas como arroz, feijão (ou qualquer outra leguminosa), peito de frango e carne moída para deixar no congelador.

Assim a rotina fica mais fácil. A cada dia, você precisa apenas descongelar esses alimentos e, na hora de comer, apenas higienizar e preparar saladas e aquecer alguns legumes. 

Samantha recomenda que as saladas tenham folhas variadas, como alface, agrião, rúcula, endívia, radicchio, além de tomate, pepino, cenoura e beterraba, por exemplo.

Para os legumes, a dica é que eles sejam previamente branqueados, isto é, passem por um processo de conservação em que são imersos em água fervente, para serem cozidos por um curto período antes de serem resfriados em um recipiente com água gelada.

Se for comprar pronto, peça um prato equilibrado

Se cozinhar não está nos seus planos e você prefere pedir comida em casa, a primeira recomendação é tomar cuidado especial com a procedência e a forma de preparo dos alimentos. Não é momento de arriscar – dê preferência aos estabelecimentos que você conhece e já frequenta. 

Vale a pena optar por pratos equilibrados, com vegetais variados (dando preferência para os crus), cereais (integrais, de preferência), alguma leguminosa (principalmente se for para o almoço) e uma proteína animal grelhada (pode alternar entre peixe, frango, carne). O importante é diversificar. 

Respeite os horários das refeições 

Outra dica interessante é a de programar o seu dia respeitando os horários de refeição que você tinha antes de trabalhar remotamente. “Para os lanches intermediários da manhã e da tarde, opte sempre por alimentos mais naturais como frutas e castanhas”, recomenda a especialista.

“Eventualmente, o lanche pode ter uma fatia de queijo, iogurte, torradas ou pão integral com algum recheio a base de leite porque esses últimos têm capacidade de nos manter mais saciados”, diz ela.

Evite visitar a geladeira o dia todo

Para continuar saudável fazendo home office, também é importante não se sabotar… Sabe aquela vontade de ir à geladeira toda hora? Para evitar que persista, o melhor é fazer refeições intermediárias sempre antes de a fome chegar.

“Quando sentir vontade de comer, pare realmente e faça a sua refeição com calma, mastigando muito bem os alimentos”, recomenda a nutricionista. “Se estiver muito difícil de se concentrar e desacelerar, feche os olhos e faça algumas respirações profundas para se acalmar até estar pronto para se concentrar novamente”, diz ela.

Para os dias de maior ansiedade, em que é difícil saber como se manter produtivo no meio desse caos, Samantha recomenda uma infusão tranquilizante de maçã, canela e erva doce. 

Pratique exercícios físicos

Mesmo que você seja sedentário, quando trabalha no escritório você pelo menos caminha um pouco de um lugar para outro. Ao trabalhar em casa, nem isso você faz. Portanto, é indispensável procurar algum exercício físico que você possa fazer no espaço que tem. 

Há professores de Yoga e Pilates oferecendo aula por videochamada ou no YouTube. Há academias alugando equipamentos para aula de spinning. Há quem prefira se exercitar sozinho, fazendo um alongamento ou correndo no corredor interno do apartamento de um lado para o outro.

O importante é fazer alguma coisa. E, certamente, há alguma opção online ou offline que combina com você. 

Neste período de tanta tensão, também vale a pena lembrar que o exercício físico libera endorfina e proporciona uma boa sensação de bem estar, que é muito bem-vinda.

Mantenha-se conectado

Você não vai sair para um happy hour com os amigos do escritório e nem pode jantar na casa da mãe (ou da tia) no final de semana. Ainda assim, é importante manter o convívio com essas pessoas.

Mais uma vez, a tecnologia pode ser uma boa aliada. Combine um horário com a turma que costuma se reunir e faça uma videochamada. Não é a mesma coisa, mas é melhor do que nada e também traz aquela sensação de bem estar. 

Cuide do seu sono

Dormir bem também é fundamental para encarar a dureza desses dias. É bem comum a gente ligar a tv ou rolar a timeline do Facebook para pegar no sono, né? Mas uma dica é evitar qualquer tipo de noticiário antes de dormir.

Nessa hora, o melhor é ouvir música, ler livros ou conversar em família. Qualquer coisa que não cause ainda mais tensão e perda de sono.

Tome sol

Mesmo que esteja de quarentena, seu corpo precisa de sol. Uma dica? Faça como os animais de estimação que sabem exatamente o horário do sol em cada cômodo da casa ou do apartamento. Inclua essa caça ao sol na sua rotina e dedique ao menos 15 ou 30 minutos por dia a ela. 

Cuide da higiene pessoal

Por fim, pode parecer bobagem, mas quando você altera sua rotina de forma drástica, alguns bons hábitos podem se perder pelo caminho.

Lembre-se de escovar os dentes após as refeições –  mesmo que não esteja saindo para o trabalho ou voltando para o escritório. Descubra uma nova rotina para a hora do banho. E, claro, adquira o novo hábito de lavar as mãos cuidadosa e insistentemente.

Veja também como buscar recolocação profissional na pandemia.

 Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.