Home > Dicas > Você sabe o que é feedback?

Você sabe o que é feedback?

Entenda como essa conversa funciona nas empresas e quais seus principais objetivos

Nem todo mundo sabe exatamente o que é feedback, embora esse termo seja comum no mundo corporativo. Em tradução livre para o português, a palavra significa “retorno” ou”resposta”. E é basicamente esse sentido que ela tem nas empresas.

O que é feedback na prática

Feedback é um “retorno” que o chefe dá ao subordinado para orientá-lo sobre sua performance e os pontos que devem ser melhorados.

Um feedback, normalmente, é dado em uma conversa reservada. Quando a ferramenta é utilizada formalmente na empresa, esse encontro costuma ser pré-agendado. Há também feedbacks menos formais, que podem ser dados em momentos cruciais para o trabalho, ainda que não estejam previstos na agenda dos participantes.

A conversa não precisa necessariamente ser longa e nem exaustiva. Há retornos simplesmente positivos, em que o bom desempenho do profissional é destacado. O mais comum, no entanto, é que sejam esclarecidos tanto os pontos positivos quanto aqueles que o profissional deixou a desejar.

Por que essa conversa é importante

O objetivo de um feedback é orientar o desenvolvimento do profissional, seja ele um iniciante ou um veterano. Dar feedback para é uma das principais tarefas dos gestores.

A ideia principal é que o feedback seja dado de forma direta e objetiva, com exemplos das ações realizadas pelo profissional que está recebendo o retorno do chefe. O feedback também pode ser dado por um colega que acompanhe o seu trabalho.

De forma geral, a conversa deve reforçar comportamentos positivos do profissional e alertar sobre comportamentos negativos que podem atrapalhar sua performance.

Como aproveitar um feedback

Quem recebe o feedback precisa estar aberto para ouvir o que é dito. Este não é o momento de discutir. A ideia é ouvir, anotar, aprender, mostrar-se disposto a mudar para melhor e agradecer.

Um feedback vale para o profissional saber o que o chefe espera dele e de que forma ele vem atendendo as suas expectativas.

O seu chefe pode, por exemplo, falar sobre a sua atuação na última reunião de equipe, em que você parecia agressivo com o colega que questionou alguns dados que você havia apresentado.

Em casos assim, é importante não tentar se “defender” e nem justificar a sua reação. O melhor é simplesmente ouvir, pensar sobre o assunto e descobrir formas de fazer melhor da próxima vez.

Quem recebe o feedback também pode fazer perguntas – desde que o objetivo seja unicamente o de entender bem o que está sendo dito. É importante sair da conversa sabendo que você entendeu o que ouviu.

Se você achar de fato achar que é indispensável fazer uma “defesa”, escolha outro momento para isso, pedindo uma outra conversa com o chefe depois de esfriar a cabeça e pensar bastante no assunto.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.