Home > Dicas > Use a internet no trabalho com consciência!

Use a internet no trabalho com consciência!

Confira o que você pode fazer para não prejudicar sua imagem e evitar problemas mais sérios

Usar a internet é bom e todo mundo gosta, mas não é por isso que está tudo liberado. Se você quiser proteger seu trabalho e sua imagem profissional, confira algumas dicas de que não se deve fazer (muito menos escondido) no ambiente online.

10 dicas para o uso da internet no trabalho

1. Não abuse no tempo de uso

Nem todas as empresas proíbem o uso da internet ou de sites específicos no ambiente corporativo. Não é por isso que você vai achar que é festa e ficar o dia todo vendo e-mails e publicando nas redes sociais, ok? As empresas têm, sim, como saber o que você fez na rede.

Elas monitoram os sites por onde você passou, o horário e por quanto tempo ficou em cada um. Mesmo que, oficialmente, não exista uma proibição é claro que exagerar a dose pode prejudicar a sua imagem. No mínimo, vão achar que você não tem muita coisa para fazer.

2. Nunca fale pela empresa

Ok, você ama a empresa em que trabalha, acha seus produtos os melhores do mercado e não aguenta ouvir alguém que não entende nada do assunto soltar uma crítica polêmica e sem qualquer fundamento sobre um desses produtos na internet. Tudo bem, mas exatamente para manter o emprego nessa empresa que você tanto ama, nunca fale em nome dela para quem quer que seja nas redes sociais, a menos que você tenha autorização para isso.

E jamais – jamais mesmo – entre em atrito com os consumidores que têm opiniões diferentes da sua. Em casos assim, o melhor que você faz é reportar o ocorrido à área de Comunicação que pode falar pela marca e entrar em contato com o consumidor da forma mais adequada.

3. Não fale mal do trabalho

As empresas monitoram tudo o que é dito sobre elas na internet. O objetivo principal é saber o que os consumidores estão pensando delas, mas… Vai que em uma dessas elas pegam aquele seu comentário sobre o refeitório ou a última reunião anual de resultados. Já pensou?

4. Não mande indiretas

Principalmente relacionadas a colegas de trabalho. Pode parecer que você está protegido pelas configurações de privacidade, pode parecer também que ninguém vai saber do que está falando, mas o desabafo não vale o risco. Alguém que você não tinha considerado pode ver a mensagem e, o que é pior, pode interpretá-la de um jeito diferente do que você estava pensando. Sabe quando a indireta é para o colega, mas quem “veste a carapuça” é o chefe? Melhor evitar!

5. Não divulgue informações estratégicas

Mesmo que você esteja muito empolgado com aquele lançamento ou com os resultados financeiros, tome cuidado com o que comenta na internet  – e também fora dela. Vai que você faz um comentário inocente (que deveria ser sigiloso) em casa e seu filho também se empolga e resolve compartilhar com os amigos…

6. Não dê brecha para o concorrente

Talvez você nem pense nisso, mas muitas empresas, quando querem obter informações privilegiadas, acabam seguindo as atividades dos funcionários das suas concorrentes na internet. Entende por que tomar cuidado com as informações é tão importante?

7. Cuidado com os e-mails

Primeiro, o e-mail corporativo deve ser utilizado apenas para tratar de assuntos relacionados ao trabalho. Segundo, mesmo que esteja tratando de assuntos de trabalho, tenha cuidado com o que você escreve. Uma mensagem mal interpretada pode gerar um ruído terrível para você. Sempre releia o que escreveu antes de enviar.

8. Não se exponha demais

É recomendável evitar excesso de intimidade na internet. Você não precisa dar detalhes sobre sua rotina nem ficar comentando detalhes do dia a dia como horário, trajeto, endereço etc. É também uma questão de segurança para você e sua família.

9. Não ofenda

Sabe aquelas regras básicas de convivência corporativa? Não se esqueça delas na internet e evite publicar ou compartilhar conteúdos agressivos, ofensivos, difamatórios, ridicularizantes, mentirosos, constrangedores etc.

10. Não faça o que é proibido

Essa é a regra mais básica. Se a empresa proibiu o uso de alguns sites, não entre neles! Desobedecer uma regra estabelecida pode até justificar uma demissão por justa causa. Já pensou?

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.