Home > Dicas > Roupa de trabalho: pode ou não pode?

Roupa de trabalho: pode ou não pode?

Atenção aos detalhes podem salvar (ou condenar) seu visual corporativo

Acertar a roupa de trabalho nem sempre é tão simples quanto parece. Uma estampa a mais ou alguns centímetros a menos podem colocar em xeque a sua imagem profissional. Nunca pensou nisso? Então confira as dicas da consultora de imagem Renata Mello para fazer as escolhas certas no guarda-roupa.

8 dicas para acertar na roupa de trabalho

1. As estampas

Em empresas mais formais, o ideal é evitar peças inteiras estampadas ou mesmo a combinação de calça e blusa, as duas peças com estampas. “O melhor é optar por estampas de tamanho pequeno”, afirma Renata. Já em empresas mais despojadas, que liberam o uso de bermuda, por exemplo, não há problema algum em usar um vestido estampado.

2. “Menos é menos”

Mesmo que você se sinta poderosa usando uma saia muito curta, uma blusa muito decotada ou um sutiã com uma alcinha linda, que fica aparecendo, essa não é a roupa ideal para ir para a empresa. O mesmo vale para aquela blusinha que deixa a sua barriga aparecendo. “Lembre-se sempre de que a roupa de trabalho é diferente da roupa de final de semana, da que você usa para ficar em casa ou ir para a faculdade”, diz Renata. O ideal é que a alcinha tenha de dois a três dedos para, pelo menos, cobrir o sutiã. “O ideal é que ela não seja tão cavada.”

3. Rasteirinhas, sim, pero no mucho

Outra dica da consultora é escolher rasteirinhas que não deixem o calcanhar de fora. “Assim elas ficam bem mais adequadas ao ambiente corporativo”, explica Renata.

4. Maquiagem

“Não dá, seja qual for a sua função, idade ou tipo de empresa.” Ou seja, se você não curte aquela maquiagem toda, uma base leve, um rímel e um batom podem resolver tudo. E, claro, aquela secada básica nas madeixas também.

5. Acessórios

Outra dica da especialista é não exagerar no tamanho dos acessórios e sempre preservar o seu conforto e dos seus colegas. “Se você passa o dia todo digitando, não pode usar uma pulseira que faz barulho e incomoda todo mundo.”

6. Camisa polo sim, camiseta não

Segundo Renata, os homens costumam errar menos na roupa de trabalho, mas cometem algumas gafes especialmente no casual day. Sua dica é não usar calças que tenham aquela cara de final de semana e nem camisetas. “O melhor é optar por uma camisa polo” diz ela. Isso, claro, a menos que você trabalhe num ambiente totalmente informal, em que camisetas são praticamente o uniforme da galera.

7. Cores e calores

Também para os homens, a consultora recomenda não utilizar camisas muito escuras em dias muito quentes. “Para os que transpiram muito, o ideal é usar uma regata de algodão por baixo”, diz Renata.

8. Relógios discretos

É… Mesmo que o seu seja lindo, se ele for um escândalo, o melhor é passar longe da empresa com ele. Aqui, menos é mais mesmo.

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.