Home > Dicas > Como sobreviver ao primeiro dia de trabalho

Como sobreviver ao primeiro dia de trabalho

Confira o que fazer - e o que não fazer - para começar com o pé direito

Você enviou seu currículo, passou pelo processo seletivo e pelas entrevistas, levou documentos, comemorou com os amigos a conquista do seu novo emprego… E agora, finalmente, chegou o seu primeiro dia de trabalho. Levante a mão quem nunca ficou ansioso com essa situação! Você sente um mix de alegria, empolgação, timidez, vontade de mostrar o seu melhor, ser simpático e modesto, tudo ao mesmo tempo. Selecionamos algumas dicas para você não se sentir um peixe fora d’água e não cometer as gafes mais recorrentes. Confira!

Como mandar bem no primeiro dia de trabalho

  • Você será apresentado a muitas pessoas no mesmo dia. Será difícil lembrar do nome de todos, mas atente para se manter cordial, porém sem excessos. Colegas da sua equipe e gestor são as pessoas com quem você deverá ter mais atenção.
  • Por mais que você domine sua área de atuação, empresas possuem diferentes processos para lidar com as atribuições de cada um. Algumas organizações têm uma cultura mais descontraída e apostam na sua proatividade. Outras acham que é melhor um tempo para você se ambientar e apresentam todas as suas tarefas aos poucos.
  • Se você é gestor, uma reunião com a equipe para conhecer sua sinergia e observar como cada um se coloca e o nível de colaboração com a sua gestão é um bom início.
  • Se você não é gestor, aguarde o momento de receber orientação sobre as prioridades da área naquele momento: muitas vezes seu superior vai ter que cumprir uma rotina de reuniões agendadas antes da sua chegada; portanto, paciência.
  • É bem possível que um colega de trabalho seja encarregado de apresentar sua rotina de trabalho. Escute, pergunte sempre o necessário. É momento de tirar dúvidas para que não haja retrabalho de alguém para que você execute suas tarefas.
  • Aguarde a hora do almoço. Mesmo que existam horários, as pessoas muitas vezes vão finalizar processos antes de sair. Se ninguém convidá-lo, almoce sozinho. Aproveite para conhecer restaurantes da região, caminhar e aplacar a ansiedade.
  • Não traga seus objetos pessoais para decorar sua mesa nos primeiros dias. Observe as mesas dos colegas e superiores para ter um parâmetro sobre o que colocar na sua. Se vai cair bem trazer aquela foto de família, a caneca do time do futebol ou aquele bichinho de pelúcia que você tanto ama. “Dançar conforme a música” também serve para a customização do seu local de trabalho.
  • Ao ser orientado sobre os projetos sob sua responsabilidade, anote tudo e, de preferência, já desenvolva seu cronograma, com a previsão de prazo para execução de cada item. Isso vai ajudá-lo a se organizar e responder às expectativas dentro das suas possibilidades.
  • A não ser que seja solicitado que você fique até mais tarde, saia no horário informado na sua contratação. Não é um bom momento querer “mostrar serviço” em relação aos demais colegas. Seja cauteloso para não parecer competitivo.
  • Aceite ajuda, mas cuidado com colegas que eventualmente venha contar “fofocas” da empresa sem conhecê-lo. Se ele faz isso com os outros colegas, certamente fará com você também. Ouça, escute, mas seja reservado sobre sua carreira para não ser o próximo tema do café na sua ausência…

Só mesmo o tempo, a calma e a observação poderão dar a segurança necessária para conhecer cada colega, saber com quais deve contar e aqueles em quem você deve prestar atenção. O importante é manter a calma, a paciência e entender que esse é um momento de aprendizado, escuta, modéstia para ter o merecido reconhecimento depois de algum tempo.

Respire fundo e boa sorte!

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.