Home > Dicas > Como planejar seu crescimento

Como planejar seu crescimento

Por Fabíola Lago

Onde você estará daqui a cinco anos? Qual será sua posição financeira? Que sonhos terá realizado? O que será de sua carreira? Parece banal, mas dificilmente paramos para refletir sobre o que queremos da vida e como podemos chegar lá. São questões imediatas que nos levam a esquecer de algo fundamental: para alguém chegar a uma posição confortável, seja pessoal, financeira ou de carreira, é preciso fazer um planejamento detalhado, dedicar-se periodicamente a rever seus caminhos e as etapas a serem vencidas.

Pense em possibilidades

Não importa a idade: buscar sua felicidade, fazer o que você gosta exige trabalho. Se você ainda é estudante, deve preocupar-se desde já com as possibilidades que se abrirão com o processo de estágio, que empresas você admira e o que elas prezam como cultura para que você seja o candidato certo na hora certa. Conheço muitos jovens que ficam aflitos por um estágio num determinado momento da faculdade, mas pouco se preocupam em fazer um currículo que seja adequado às suas primeiras pretensões.

Trace um plano

Ficar de olhos nos programas de trainee das grandes empresas é uma etapa seguinte para o profissional recém-formado. As empresas estão cientes da escassez de talentos que já é realidade e que tende a se aprofundar nos próximos anos com a chegada de capital estrangeiro em função do crescimento econômico brasileiro. Ok. Mas para encontrar aquele indivíduo que você criou no primeiro parágrafo, você precisa escolher bem, apresentar-se bem, estar atento. Vai fazer pós? Em quê? Mestrado ou MBA? Em que área? Por quê?

Estude o mercado

Das quinze empresas que você acaba de listar enquanto lê esse artigo, quantas você já pesquisou na internet ou em arquivos de jornais de grande circulação para entender sua posição no mercado, seus concorrentes, seu percentual de crescimento nos últimos anos e o que você pode agregar à ela dentro da sua área de atuação? Essa pergunta virá nas suas primeiras entrevistas e você deverá saber exatamente por que está convicto de que é o profissional certo para a vaga que está se candidatando.

Dedique-se!

Lembro de uma entrevista de Elisabeth Gilbert, autora de Comer, rezar, amar, quando estava promovendo o filme baseado em seu livro. Ela afirmou:

“Construir a felicidade dá trabalho.”

Então esqueça elementos como sorte ou fadas madrinhas. Para ser feliz, alcançar o que se quer, é preciso dedicar-se à reflexão. Listar seus desejos, descrever como chegar a cada um deles. Esses projetos podem ir mudando de rumo aos poucos, porque é preciso negociar com a vida. Mas registre até mesmo essas mudanças de trajeto. Não perca o foco.

Planejar sua carreira é planejar sua vida, sua felicidade