Home > Dicas > Mantenha distância dos pessimistas na hora de buscar recolocação

Mantenha distância dos pessimistas na hora de buscar recolocação

Confira cinco sugestões para não se deixar abater por comentários negativos das redes sociais

*por Ana Lisboa

Você já deve ter se deparado com alguém que precisou desabafar e usou a internet para dividir as mágoas. Especialmente essa semana, em uma das minhas sessões de coaching, minha coachee – ou minha cliente, como preferir – compartilhou comigo que estava meio down por ver tantas mensagens de pessoas suplicando por uma recolocação no mercado de trabalho.

Conversamos sobre isso na sessão e também sobre outras oportunidades e providências a serem tomadas neste momento de recolocação. Foi essa reflexão que me motivou a escrever esse artigo. Sim, estamos em um momento em que as oportunidades de trabalho diminuíram sensivelmente, todos sabemos, e é imenso o número de pessoas disputando por uma vaga. Porém, o que diferencia cada vez mais os profissionais é seu comportamento diante das adversidades.

Afinal de contas, existem cargos atualmente que nem sequer têm formação educacional para que seja possível concorrer a uma vaga. O mercado de trabalho requer cada vez mais profissionais que tenham comportamentos diferenciados.

Se fizer sentido para você, aceite meu convite, que é o de ter um comportamento diferenciado com relação às notícias das redes sociais ou de grupos de amigos que deixam seu estado emocional pior. Em menor número e com menos visibilidade, é verdade, também há os que estão sendo contratados e que certamente tiveram uma atitude DIFERENTE dos demais neste momento de crise.

Para isso, ofereço cinco sugestões práticas:

  1. Use as redes sociais para seguir empresas de interesse da sua região e se afaste dos pessimistas de plantão;
  2. Se alguém que você conhece ou viu na internet está há meses desempregado, isso não é uma regra e por isso não significa que o mesmo acontecerá com você;
  3. Use as redes sociais para estabelecer contato com pessoas de recursos humanos de empresas, pois quando as vagas forem divulgadas, você receberá a informação no seu feed de notícias;
  4. Separe um tempinho para olhar as redes, comentar e curtir posts TODOS OS DIAS, inclusive nos finais de semana. As versões mobile dos sites são excelentes para isso;
  5. E finalmente: não seja você o portador das más notícias. Ok?

 

Atitude positiva sempre, cabeça erguida e muito trabalho. O resultado aparecerá!

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.

 

*Ana Lisboa é coach de Vida e Carreira.