Home > Dicas > Informações complementares: cada vivência conta

Informações complementares: cada vivência conta

Saiba como esse campo do currículo pode ajudar o recrutador a te conhecer melhor

por Thayane Fernandes*

O campo informações complementares do currículo existe para que você possa inserir realizações profissionais que não cabem em outras partes do currículo, como cursos de curta duração, intercâmbio, voluntariado etc. Veja neste artigo como preenchê-lo de forma correta e atrativa. Bônus: ao final desse artigo disponibilizamos gratuitamente um vídeo complementar sobre o assunto.

Seu campo de informações complementares pode ter:

  • Certificações técnicas ou de proficiência em outro idioma que estejam dentro da validade (Google Analytics, TOEFL…);
  • Registro no Conselho Regional de sua classe (OAB, CREA, COREN…);
  • Reconhecimentos / Prêmios;
  • Experiências com trabalho voluntário*;
  • Palestras ou cursos de curta duração (menos que 40 horas)*;
  • Habilitação / Carro Próprio (apenas se sua profissão exigir e se você possuir);
  • Suas “disponibilidades” de horário, de viagens, de mudança etc.

*não esqueça de incluir nome da instituição, data de início e término e suas atividades.

Veja alguns exemplos de como inserir essas informações corretamente:

Cargo do anúncio de emprego: Jovem Aprendiz

Incorreto:

O único problema é que eu ainda estou estudando. 

Correto:

  • Conhecimento nível intermediário do pacote office (Excel, PowerPoint e Word).
  • Curso “A Arte de Encantar o Cliente” (8 horas, SENAC) – jul/2018
  • Disponibilidade à partir das 13h, pois estudo pela manhã

Cargo do anúncio de emprego: Assistente Administrativo

Incorreto:

Conhecimento intermediário em softwares da minha área

Correto:

  • Conhecimento intermediário no sistema de ERP da TOTVS
  • Conhecimento intermediário no Pacote Office (Excel, PowerPoint e Word)
  • Curso “Apresentação do Sistema Tributário” (5 horas, FGV) – mai/2018

Cargo do anúncio de emprego: Analista Financeiro Pleno

Incorreto:

Estou estudando inglês

Correto:

  • Inglês nível intermediário – cursando na Wise Up aos sábados
  • Conhecimento avançado com softwares de ERP (TOTVS e SAP)
  • Conhecimento avançado em Excel

Cargo do anúncio de emprego: Coordenador de Recursos Humanos

Incorreto:

Falo inglês muito bem e já viajei

Correto:

  • Conhecimento avançado em PowerPoint e Excel
  • Inglês fluente (TOEFL)

 

Bônus: confira um vídeo complementar sobre o assunto

<< Passo anterior

Saiba como atualizar seus idiomas no currículo

 

*Thayane Fernandes começou sua carreira como recrutadora e se especializou em Marketing e Mídias Digitais. Ela trabalha na VAGAS.com desde 2013 e escreve artigos sobre currículo e carreira.