Home > Dicas > Duas dicas de emprego para conquistar sua vaga

Duas dicas de emprego para conquistar sua vaga

Veja o que você pode fazer agora mesmo para se destacar e ser contratado

Se você quer conquistar uma vaga com urgência, eu tenho duas dicas de emprego essenciais que você pode começar a seguir agora mesmo. Quer ver?

Dicas de emprego que vão ajudar a conquistar uma vaga mais rápido

1. Prepare seu currículo online com todo cuidado

O melhor currículo para sites de carreira como o VAGAS.com.br é aquele  que possui o maior número de informações relevantes à posição buscada. No online não vale aquela velha regra no currículo impresso, que obrigava os candidatos a resumir as informações em uma ou duas páginas. Com o currículo na internet, os recrutadores podem buscar diversas informações para encontrar os melhores candidatos nos bancos de dados.

A dica é incluir o máximo de dados relevantes e detalhar as atividades que você realizou. Se mudou de função, especifique quais os desafios enfrentados etc.

Em uma experiência como recepcionista, por exemplo, é possível que você tenha realizado atendimento a clientes externos, além de ser responsável por demandas internas da empresa como a organização das salas de reunião. Outra possibilidade de atividade é que você tenha auxiliado a equipe de compras nas pesquisas por materiais de escritório mais econômicos.

Detalhe essas atividades e suas responsabilidades para deixar claro seu potencial e os conhecimentos que você já adquiriu.

2. Não perca pontos cometendo erros de português

Cuidado ao inserir as informações em seu cadastro. Erros de digitação e/ou português prejudicam a impressão que você passa ao recrutador. O currículo é seu cartão de visita. Revise no mínimo três vezes todo o texto que você inserir. Esse é um erro muito frequente entre candidatos de todas as posições e pode ser um fator de eliminação.

A dica é pedir para alguém próximo ver se encontra falhas no seu currículo. Muitas vezes a vista “viciada” de quem escreve não enxerga erros de digitação. Não

Alessandra Tomelin, autora do post, é da equipe de Recursos Humanos da VAGAS.