Home > Dicas > Diferença entre fazer bolo e elaborar o currículo

Diferença entre fazer bolo e elaborar o currículo

Fazer CV não é uma das coisas mais fáceis, então confira algumas dicas

por Thayane Fernandes*

O fato é: para fazer um bolo basta seguir a receita da vovó, colocar no forno e voilà, certo? Então, acontece que para fazer um currículo não há uma receita única e tudo depende do seu perfil profissional (alguns artigos no Google dizem o contrário mas é tudo mentira, acredite).

#spoiler: o texto a seguir contém os melhores truques de cozinha currículo!

As etapas que facilitam fazer o currículo

Massa

  • Existem dois tipos de currículo. Um é o famoso formato para impressão ou envio por e-mail (sugiro no máximo duas páginas). Outro, é o currículo online, aquele que você cadastra em sites de emprego e carreira como o VAGAS.com.br. Acredite, para este último não há limite, apenas bom senso;
  • A regra número 1 de um currículo: deixe seus dados de contato atualizados e bem no topo, no bloco logo abaixo do seu nome, afinal seu objetivo é que algum recrutador entre em contato, certo? Importante: caso você demore para retornar a ligação/e-mail certamente irá ganhar uma tag de “tentar depois” e poderá perder a chance de sua vida;
  • Seu objetivo profissional deve ser direto e conciso. Múltiplos objetivos requererem múltiplos currículos, ou seja, se você tem como objetivo ser Analista Comercial ou Administrativo Financeiro trabalhe com dois documentos diferentes. Frases muito amplas como “Pau para toda obra” ou “À disposição da empresa” não agregam em nada (na verdade eliminam seu CV na mesma hora);
  • O bloco “Resumo” ou “Qualificações” deve vir logo em seguida e precisa ser um “apanhado” de tudo que aparece no seu currículo. Assim como o prefácio de um livro, este bloco é o resumo que o recrutador irá ler rapidamente para decidir se vale investir tempo para ler o restante.

Recheio

  • Após preparar a massa, o recheio é ao gosto do cliente (no caso, da posição almejada). Necessariamente você terá que mencionar sua formação, experiências profissionais, cursos e idiomas, entretanto, a ordem varia de acordo com o que você quer destacar;
  • A primeira página é a área mais nobre, logo, se você tem uma pós-graduação no exterior ou aquele idioma fluente já sabe em que ordem encaixar essas informações.

Cobertura

  • A organização do currículo diz muito sobre você. Cores chamativas e tópicos confusos (ou a falta deles) irão prejudicar a leitura do recrutador;
  • Não tenha medo de inovar no layout, desde que seja para destacar suas habilidades ou personalidade. Selfies não são recomendadas;
  • Não vale diminuir a letra para encaixar tudo. Sugiro que o conteúdo do seu currículo seja escrito em tamanho 11~12, destaques em 13~14, e o restante, em 9~10, dependendo da fonte. Detalhe: diz a lenda que quem usa a fonte Comic Sans entra direto na lista dos rejeitados;
  • A última informação é a data que você atualizou seu currículo;
  • Finalize salvando o arquivo em Word (para futuras edições) e em seguida faça um cópia em formato PDF (para envio por e-mail ou upload em sites). Sugestão de nome do arquivo: seu nome completo_área_ano de atualização.

Se você chegou até aqui na leitura eu quero pedir um favor: após elaborar seu currículo com muito amor, me prometa que vai ler com cautela e pedir para o seu melhor amigo revisarem o arquivo em busca de algum erro de português? Última dica: quando o Word traçar uma linha vermelha sobre alguma palavra, vale dar um double check para validar a escrita.

Cadastre seu currículo online e aproveite as oportunidades. Se você já tem um cadastro, atualize aqui.

*Marketing e Comunicação na VAGAS.com