Home > Dicas > 7 passos para parar de procrastinar tudo

7 passos para parar de procrastinar tudo

Mania nada inofensiva pode atrasar a vida de muitos profissionais

A mania de procrastinar – ou simplesmente deixar tudo para depois – parece inofensiva, mas pode acabar atrasando a sua vida. Se você tem esse vício e quer se livrar dele, confira estas dicas da psicóloga Nina Garcia Taboada.

Como parar de procrastinar tudo no trabalho

1. Para começar, tente usar alguma técnica de organização. “Pode ser uma ‘to do list’ semanal ou diária, escrita numa folha mesmo, ou a própria ferramenta do Outlook ou qualquer aplicativo do tipo”, sugere Nina.

2. A ideia é montar uma estrutura em que você possa marcar as tarefas do dia e aquelas que forem concluídas. “Muitas vezes, não temos noção da quantidade de coisas que devemos fazer em 24 horas”, diz ela. Portanto, não se assuste com o tamanho da lista que vai aparecer na sua frente. Possivelmente, você sempre tenha tido essa quantidade de coisas para resolver, só que nunca se deu conta.

3. Para incrementar a sua lista, estime o tempo que você deve levar para concluir cada item. Com isso, a noção vai ficar ainda mais exata.

4 – Segundo Nina, quando você somar os 15 ou 20 itens da lista – e o tempo total que levará para concluí-la -, logo vai compreender por que não dá para deixar nenhum deles para depois. “Simplesmente porque não vai existir o ‘depois’ para quem tem uma lista desse tamanho.” Para quem acha que vai esquecer disso e logo cair na tentação de “fazer mais tarde”, a sugestão da psicóloga é partir para a guerra e colocar no próprio monitor um post-it com o lembrete: “Depois não existe, faça agora“.

5 – Se na sua lista de tarefas tudo parece urgente e “para ontem”, isso significa que sua vida já foi prejudicada por essa mania de adiar tudo. Na hora de se organizar, procure de fato separar o que é urgente, o que é importante e o que, de fato, não é o foco no momento. Trabalhe com esses níveis de prioridade.

6 – Agora, se essa desorganização surgiu não só da mania de deixar tudo para depois, mas de uma mudança de empresa ou promoção, por exemplo, em que sua carga de trabalho triplicou, preste atenção. “Em casos assim, em que o profissional assume muito mais funções do que estava acostumado, é comum que ele comece a adiar as tarefas, não por ter esse hábito, mas por estar em um momento de pressão e insegurança,” explica a psicóloga.

7- Se for este o caso, entenda que possivelmente você precise buscar novas formas de se organizar, priorizar as tarefas e também de ajustar suas entregas aos prazos estipulados. No início, talvez não saia tudo com a qualidade que você quer, mas é importante não se perder demais na autocrítica para não acabar soterrado por uma bola de neve de tarefas incompletas.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.