Home > Dicas > 7 dicas para ser um bom chefe

7 dicas para ser um bom chefe

Gerir bem a sua equipe pode garantir mais motivação e melhores resultados. Quer saber como?

Um bom chefe é capaz de motivar sua equipe e reter seus melhores profissionais – dois fatores essenciais para os tempos difíceis que nossa economia vem atravessando. Afinal, com motivação e pessoas capazes e animadas fica muito mais possível atingir e – quem sabe – até superar metas. Ser um bom chefe, no entanto, nem sempre é tarefa simples, especialmente para quem acabou de assumir uma posição de gestão e não sabe muito bem como agir daqui para frente. Quer uma ajudinha? Confira as dicas de João Xavier, diretor-geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos.

Como ser um bom chefe

  1. Seja justo
    A primeira recomendação, na prática, significa cobrar o que foi delegado – nem mais e nem menos que isso – tratar as pessoas de forma igualitária e não dar ouvidos a “fofocas” de um subordinado sobre outro, por exemplo. “Não é preciso ouvir uma pessoa para depois ouvir a outra e só então tomar uma decisão”, diz Xavier. “O melhor e mais justo, nesses casos, é que os três conversem juntos.”
  2. Seja ético
    Em todos os aspectos: nas suas atividades profissionais e também fora delas. “Não adianta nada tentar ser exemplar dentro da empresa e, ao sair para almoçar com a equipe, estacionar em uma vaga de deficiente indevidamente”, explica o especialista.
  3. Aprenda a delegar
    Delegar tarefas é essencial para você não se sobrecarregar e também para fazer sua equipe evoluir. No entanto, para que não haja equívocos, é preciso delegar com clareza e de acordo com a capacidade de cada um. “Tente ser específico, claro e sucinto e também se certifique de que a pessoa entendeu o que você disse”, recomenda Xavier. É preciso também conhecer muito bem a sua equipe. “Se você não der desafios para um surdinado ele vai se sentir desmotivado”, diz Xavier. “Por outro lado, se der desafios maiores do que ele pode suportar, vai acabar gerando estresse desnecessário. ”
  4. Alinhe os objetivos
    É verdade que nem sempre os interesses da empresa são iguais aos dos funcionários. O papel do bom chefe, então, é alinhar ao máximo os interesses das duas partes para que haja engajamento.
  5. Dê feedbacks constantes e construtivos
     Segundo Xavier, um feedback positivo vale para reforçar que a pessoa está indo no caminho certo e um feedback negativo orienta o funcionário fazer o que é certo da forma que deve ser feito.
  6. Represente a sua equipe
     Se você é o chefe, deve assumir a responsabilidade aconteça o que acontecer. “Se a área não atingiu a meta, não importa de quem foi a culpa, você precisa assumir a responsabilidade com os superiores e, se for o caso, resolver isso com a equipe por meio de feedbacks”, afirma Xavier. Um bom chefe também deve lutar por recursos, ferramentas de trabalho, melhores salários, cursos, clima e ambiente de trabalho.
  7. Seja humano
    Isso significa compreender a complexidade da natureza humana. “Essa é uma lição para aprender durante toda a vida”, finaliza o especialista.

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.