Home > Dicas > 6 etapas para customizar sua carta de apresentação

6 etapas para customizar sua carta de apresentação

Modelos prontos não são boa opção para você se diferenciar dos concorrentes

A carta de apresentação é um texto que mostra ao recrutador que você é capaz de se diferenciar dos outros candidatos. É exatamente por isso que modelos prontos não são a opção mais eficiente. Para escrever a melhor carta de apresentação da sua vida, você precisa customizar o conteúdo o máximo possível de acordo com seu objetivo.

Quer saber como fazer isso? Confira as recomendações do especialista Raul Lima, Coordenador de Transição de Carreira da consultoria Stato.

Como customizar sua carta de apresentação

1. Defina seu objetivo

Você está enviando a carta para se candidatar a uma vaga? Para aumentar seu networking? Porque é a empresa dos seus sonhos ou porque você foi indicado por um colega? Essa informação deve estar no início da carta.

2. Defina o canal de contato

Você vai enviar a carta por email? Por um site de recrutamento com o VAGAS.com.br? Pelas redes sociais? Pelo Whatsapp? Cada canal exige um tamanho de texto e um grau de formalidade específicos. “Você não pode simplesmente copiar e colar a mesma carta de um canal para outro”, diz o especialista. Respeite as características e “legibilidade” de cada canal.

3. Acerte o grau de formalidade

Para acertar o tom da carta, você precisa descobrir o grau de formalidade utilizado na empresa. “Startup e agências de publicidade, por exemplo, costumam ser muito informais, enquanto bancos e empresas de tecnologias têm mais formalidades”, alerta Raul

4. Analise a vaga

Se você estiver se candidatando a uma vaga, analise o anúncio até entender realmente qual é o match entre o que a empresa busca e o seu perfil profissional. Explique por que você é o candidato adequado para aquele cargo.

5. Estude a empresa

A melhor forma de customizar sua apresentação é descobrir tudo o que puder sobre a empresa. Faça um diagnóstico do que ela precisa para saber o que você tem a oferecer. Qual sua área de atuação? Seu tamanho? Sua participação de mercado? Ela está em crescimento ou enfrenta alguma crise? Quais as últimas notícias sobre ela na mídia?

6. Diga como você pode ajudar

Depois de passar por todos esses questionamentos, é hora de mostrar o que tem a oferecer. De forma objetiva, fale por que você pode fazer a diferença naquela empresa ou naquela posição específica. Seja claro, direto e evite adjetivos.

“Se você conhecer algum mecanismo que possa potencializar os negócios da empresa, cite isso”, diz Raul. Por exemplo, se você estiver se apresentando a uma startup de alimentação saudável e tiver bom relacionamento com academias e supermercados que trabalham com essa linha de produtos, esta é a hora de dizer”, recomenda o especialista.

Uma carta de apresentação tem muito mais chances de chamar a atenção do recrutador e abrir as portas para você. Certamente dá mais trabalho do que adaptar um modelo pronto, mas é também muito mais eficiente. Ou você duvida? Experimente agora mesmo.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.