Home > Dicas > 4 dicas para aproveitar ao máximo seu curso de MBA

4 dicas para aproveitar ao máximo seu curso de MBA

Veja como obter mais retorno do tempo e do dinheiro que você vai investir

por Fernanda Bottoni*

Fazer um curso de MBA exige pelo menos dois grandes investimentos, de tempo e também de dinheiro, recursos esses que raramente alguém tem para desperdiçar por aí. É por isso que quem decide partir para um curso desse tipo precisa aproveitar ao máximo tudo o que ele pode oferecer. Então confira as dicas de Silvio Laban, coordenador dos programas de MBA do Insper, para fazer valer todo o seu empenho.

Como aproveitar seu curso de MBA?

1. Busque conhecimento específico

No MBA, diferentemente da graduação, o aluno está em busca de um conhecimento específico e direcionado para suprir alguma deficiência que ele tem na vida profissional. “A atitude de um profissional que cursa MBA deve ser mais participativa e decidida porque é ele quem está optando por adquirir esse conhecimento, espontaneamente”, explica Laban.

Portanto, não espere que qualquer coisa caia do céu. Entenda que o curso vai exigir, sim, muito do seu tempo e da sua dedicação e que a maior parte do seu aproveitamento dependerá exclusivamente do empenho que você terá nesse aprendizado.

2. Escolha o momento certo

Escolher o momento certo para fazer o MBA também é muito importante para aproveitar todas as oportunidades que o curso pode trazer. “O MBA de verdade é voltado a indivíduos que já têm experiência gerencial e já assumiram ou estão em vias de assumir cargos de liderança”, explica Laban.

Essa homogeneidade de momento de carreira é muito importante porque o MBA envolve muitos momentos de compartilhamento de experiências entre os alunos. “Só é possível enriquecer as discussões se todo mundo puder contribuir”, afirma Laban. E, claro, aproveite o momento para expor suas vivências e aprender com as vivências dos colegas.

3. Desenvolva habilidades comportamentais

Um bom curso de MBA também tem função de desenvolver habilidades comportamentais – ou soft skills, como se diz no mercado de trabalho. “Essas habilidades precisam ser desenvolvidas por meio de vivências e atividades”, afirma Laban. “Então, compete ao aluno se engajar nessas atividades em sala e fora de sala”, afirma.

4. Construa o networking

Outro ponto essencial de um MBA é proporcionar muito – muito mesmo – networking entre os alunos. “São relacionamentos muito sólidos que você pode levar para o resto da vida, tanto profissional quanto pessoal”, ressalta Laban. “É muito comum, por exemplo, ver pessoas que se conheceram no programa depois irem trabalhar juntas ou montarem um negócio”, conta ele.

Para isso, claro, você precisa se empenhar em conhecer as outras pessoas, encontrar assuntos e interesses em comum. Além disso, é preciso tomar cuidado para não deixar esses relacionamentos esfriarem quando o curso terminar. Mantenha contato sempre, tanto com a escola quanto com os ex-colegas.

 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.

 

*Fernanda Bottoni é jornalista e escreve sobre carreira e mercado de trabalho há 15 anos.