Home > Carreira > Evolução profissional > O que fazer quando o novo emprego não era o que você esperava

O que fazer quando o novo emprego não era o que você esperava

Veja o que pode fazer para contornar a situação e, se necessário, tomar a melhor decisão para sua carreira
homem decepcionado com emprego novo

A decepção com um novo emprego pode ser comparada ao fim de um relacionamento que não deu certo. Essa situação, infelizmente, é uma realidade muito comum que pode acontecer a qualquer profissional. A boa notícia, porém, é que há algumas formas de enfrentar esse desafio sem deixar a sua carreira sair dos trilhos. É sobre isso que vamos falar neste post. 

É normal não gostar do novo emprego?

É comum, sim. Como no início do relacionamento, em que a maior parte das coisas é novidade e desperta curiosidade, o ideal é que a nova rotina de trabalho seja motivadora para gerar entusiasmo logo nos primeiros dias. Como nem sempre isso acontece, é possível que o profissional se desestimule e acabe se arrependendo de estar ali. 

Decepcionado com o novo emprego? Veja o que fazer

Se você se sente decepcionado com o novo emprego e não tem motivação para levantar da cama e trabalhar todos os dias, pode ser o caso de parar para pensar e, se necessário, tomar uma decisão. Veja como fazer isso da melhor forma para não prejudicar sua evolução profissional. 

Converse com a pessoa líder da área sobre isso

Uma boa forma de começar a sua análise sobre o novo emprego é conversar com o gestor ou líder da equipe e entender melhor o seu papel na equipe. A ideia não é expressar a sua insatisfação nessa primeira conversa, mas obter informações para descobrir pontos que sejam favoráveis à sua permanência e à sua trajetória profissional.

Tente encontrar pontos positivos

É importante tentar encontrar pontos positivos no seu novo emprego. Você está mais perto de casa? Os colegas são agradáveis? Você tem mais flexibilidade de horários? A remuneração é mais alta do que a que você tinha anteriormente? Faça um esforço para descobrir vantagens, ainda que aparentemente elas não existam. Vale a pena tentar.

Alinhe as expectativas com o RH e gestores

Conversar com gestores e RH para alinhar as expectativas também é uma boa estratégia. Tente entender o que eles esperam de você e também exponha suas expectativas em relação ao trabalho e à empresa. É preciso entender se o que você está vivendo contribui de alguma forma para o seu objetivo de carreira.  Como em tudo na vida, o trabalho tem seus altos e baixos e é necessário ter maturidade para suportar momentos muitas vezes desfavoráveis em prol de um objetivo maior que é o plano de carreira.

Conheça seus objetivos

Antes de decidir entre continuar no emprego ou buscar outra oportunidade, é importante saber com clareza quais são seus objetivos profissionais.

Analise o mercado de trabalho

Também é importante colocar na balança a situação atual do mercado de trabalho e do país em geral. Quanto tempo você pode ficar sem trabalhar se demorar a encontrar outro emprego? 

Tome uma decisão

Com calma, tente colocar tudo o que analisou na balança. Pese todos os itens que favoreçam seu desenvolvimento profissional com contrapartida com os que geram o mal estar que você está sentindo neste momento. É importante entender que a decepção pode ser momentânea, enquanto as outras questões podem ter vida mais longa na sua carreira – e é nelas que você deve se focar. 

Por fim, a dica é não tomar decisões por impulso. Siga todos esses passos, pense bem e boa sorte na sua escolha. 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.