Home > Busca de emprego > Currículo > O que é e como fazer currículo interativo

O que é e como fazer currículo interativo

Veja como destacar suas informações profissionais utilizando recursos audiovisuais

Fazer um currículo interativo pode ser uma boa estratégia para se destacar dos concorrentes quando você está procurando emprego. Esse formato não tão tradicional pode ser especialmente recomendado para pessoas que trabalham diretamente com programação, internet e design ou para aqueles que buscam uma forma diferente de chamar a atenção das empresas. Neste post, vamos explicar que tipo de currículo é esse e como você pode fazer o seu. Vamos lá?

O que é currículo interativo?

Currículo interativo é basicamente um currículo apresentado em formato de site. Seu conteúdo é basicamente o mesmo do currículo tradicional, a grande diferença é a forma como as informações são apresentadas e a possibilidade que o recrutador tem de “interagir” com os dados, clicando em um link ou em um gráfico para obter mais informações, por exemplo.  

Vantagens 

O currículo interativo tem algumas vantagens interessantes em relação ao currículo tradicional. 

As principais delas são:

  • os dados são apresentados em um formato visual mais amigável para quem está lendo;
  • você consegue dar mais destaque visual ao que de fato é mais importante; 
  • você pode incluir recursos como vídeos, fotos, gráficos e links – até games, se essa for a sua área – para deixar mais informação à disposição do recrutador;
  • por outro lado, o recrutador pode acessar apenas as informações dos tópicos que ele considerar mais interessantes;
  • se você trabalha com conteúdo, programação ou design, por exemplo, já pode utilizar o currículo interativo como parte do seu portfólio. Afinal, nada melhor do que mostrar na prática o que você sabe fazer.

Como fazer um currículo interativo?

O primeiro passo para fazer o currículo interativo é lembrar que ele precisa carregar toda a informação do seu currículo tradicional. Não adianta montar algo sofisticado visualmente que não entregue o que o recrutador precisa saber, ok? Vamos ao passo a passo. 

Organize as informações que precisam estar no currículo interativo

Se você já tem um currículo tradicional pode utilizá-lo como ponto de partida. Se ainda não tem, o ideal é organizar todos os dados que devem fazer parte do documento. 

Aqui vai um pequeno resumo dos tópicos que precisam ser abordados: 

  • Dados pessoais no cabeçalho
  • Objetivo profissional
  • Resumo 
  • Experiência profissional
  • Formação acadêmica
  • Cursos complementares
  • Competências e habilidades
  • Informações complementares

Para saber em detalhes o que deve entrar em cada tópico, confira o nosso post completo Como fazer currículo em 2021: dicas, modelos prontos e mais.

Crie o layout do seu currículo 

Antes de inserir as informações, é interessante escolher a fonte, as cores e o formato básico em que você vai apresentar o seu currículo. Ainda que este modelo fuja do tradicional, o ideal é não exagerar na variedade para não prejudicar o conteúdo que será apresentado.

Faça uma linha do tempo para contar a sua história

Um recurso interessante que pode ser utilizado em praticamente todo currículo interativo é uma linha do tempo horizontal para contar a sua história profissional. Se você tiver bastante experiência, esse formato pode ser interessante para destacar as passagens mais importantes. 

Coloque seu portfólio no currículo 

Por outro lado, se a sua carreira estiver apenas começando, talvez seja mais importante mostrar seu portfólio do que destacar seu histórico profissional. Para isso, há várias possibilidades. Você pode utilizar imagens ou até criar um slideshow com alguns trabalhos mais interessantes. Se você já tiver um portfólio digital, vale a pena incluir o link para essa página. 

Crie links para conteúdo extra

No currículo interativo também é importante que você tenha objetividade para não deixar a página poluída com muita informação. A diferença – que, na verdade, é uma vantagem e tanto – é que você pode fazer hiperlinks que conduzam o recrutador a mais informações. Por exemplo, se você coordenou um projeto super interessante e tem muitas informações para contar, pode deixar no currículo apenas os dados mais importantes, como deixaria no currículo tradicional. E partir desse resumo pode criar um hiperlink para uma página inteira sobre o projeto, se achar que ele merece todo esse destaque. É uma excelente oportunidade para mostrar seu potencial e se destacar dos concorrentes.

Faça um vídeo falando sobre você

Todo recrutador quer saber qual é o seu objetivo. Se você gosta de fazer vídeos e se consegue se comunicar bem dessa forma, pode ser uma boa ideia gravar um vídeo de alguns segundos dizendo quem você é, o que você já fez, qual seu objetivo profissional e por que você quer trabalhar na empresa a que está se candidatando. Esse recurso pode gerar mais “proximidade” com o recrutador, que logo vai entender melhor quem você é e o que você busca profissionalmente. 

Coloque seus contatos

Claro que você quer ser convidado para uma entrevista, certo? Então nada melhor do que deixar seus dados para contato e – claro – responder rapidamente sempre que um recrutador mandar mensagem por qualquer que seja o meio. 

Evite animações e recursos que tomem tempo do recrutador

O recrutador tem em média 7 segundos para olhar cada currículo – e esse tempo não será diferente se ele estiver olhando um currículo interativo. Por isso, é importante deixar toda a informação visualmente à disposição para que ele possa entender quem você é e qual o seu objetivo quase que imediatamente. 

Evite animações e qualquer outro recurso que o recrutador tenha de esperar “carregar” para visualizar. Lembre-se que qualquer extra (vídeo, slideshow, hiperlink) deve de fato conter informação “extra”, que o recrutador vai acessar apenas se tiver interesse (e tempo). 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.