Home > Busca de emprego > Candidaturas > Como funciona um programa de estágio

Como funciona um programa de estágio

Entenda o que a empresa espera de você e como se destacar nesta fase profissional
jovem negro em destaque sorrindo e ao fundo mais três jovens conversam em uma ampla sala de trabalho

O programa de estágio existe para que o estudante de graduação possa aprender dentro do ambiente corporativo, executando suas funções na prática. Quer saber como funciona estágio? Continue lendo este post!

Segundo Paula Oliveira, especialista em recrutamento, seleção e desenvolvimento de carreira de jovens profissionais, todo programa desse tipo tem alguma carga de treinamento comum a todos os estagiários. Essa carga varia de uma empresa para outra. 

Empresas muito grandes costumam ter um programa de estágio mais bem estruturado, que pode até oferecer job rotation pela empresa. “No entanto, 90% dos programas são on the job e os estagiários começam a atuar na sua área de interesse”, afirma ela.  

Como funciona estágio: o que esperam de você

É muito comum que um estagiário chegue à empresa ansioso para mostrar tudo o que sabe. Paula alerta, porém, que não é isso o que a empresa costuma esperar dele. “A empresa não busca um estagiário que saiba tudo”, afirma. “Pelo contrário, ela quer alguém curioso e disposto a aprender.”

Por isso, demonstrar proatividade, boa vontade e interesse é a melhor estratégia durante o programa de estágio. Nenhum estagiário precisa ter vergonha de perguntar o que não sabe. Afinal, ele realmente está ali para aprender.

Outra dica importante é tomar cuidado ao realizar as tarefas. “As pessoas ali querem que o estagiário gere valor, que faça o que fizer bem feito, que peça mais trabalho e se mostre envolvido com o negócio”, explica a especialista. 

O que você pode esperar deste início de carreira

Quando um estagiário chega à empresa, normalmente ele é apresentado ao profissional que fará a supervisão do estágio. “A Lei de Estágio pede que um profissional com a mesma formação do estagiário faça essa supervisão e assine toda a papelada”, diz Paula. Essa pessoa, formalmente, será a sua referência dentro da empresa. 

No entanto, ocorre muitas vezes de a pessoa de referência ser um gerente ou diretor, que tem pouco tempo para se dedicar a você. Se for o caso, a recomendação é perguntar a ela a quem você pode pedir ajuda quando ela não estiver disponível. “É bem profissional que o profissional vá delegar essa função a alguém e, então, você saberá a quem recorrer sempre que necessário”, afirma. 

Durante o estágio, não espere que todas as tarefas estejam estruturadas e nem que alguém vá dizer sempre o que você tem de fazer. As pessoas muitas vezes estão sobrecarregadas e não vão parar para fazer isso. “Você precisa procurar o que fazer e se oferecer para ajudar, propondo melhorias e facilitando o trabalho dos outros”, diz Paula.

Vale a pena, por exemplo, criar uma planilha que possa economizar tempo da equipe. Mesmo que pareça uma solução óbvia, acredite que é possível que ninguém tenha pensado nisso antes. Paula também recomenda que você faça perguntas e se ofereça para fazer tarefas mais ousadas porque é neste momento, quando você é estagiário e tem responsabilidade menor, que você pode correr riscos e errar. 

Peça feedback

Outra recomendação importante é pedir feedback ao seu supervisor sempre que possível e da forma mais específica possível. “Não pergunte apenas se está legal”, alerta Paula. “Pergunte se é aquilo que ele esperava e se você pode melhorar de alguma forma”, recomenda. É importante fazer perguntas focadas para obter respostas que possam direcionar seu desenvolvimento. 

Encontre o seu lugar

Outra situação também muito comum na vida do estagiário é ser supervisionado por alguém que nunca fez essa tarefa antes. Se você for o primeiro estagiário de um profissional, tenha paciência com ele porque vocês dois terão de aprender o que fazer e descobrir o seu lugar juntos. 

Crie vínculos

Por fim, a dica de Paula para o final do estágio é nunca fechar portas. Mesmo que não haja uma vaga no momento para você ser efetivado, o mundo corporativo dá muitas voltar e, se você deixar uma marca positiva, possivelmente será lembrado quando alguém pedir uma indicação. 

Faça um bom trabalho, aproveite a oportunidade para aprender e mantenha vínculos. Sua vida profissional está apenas começando. Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.