Home > Carreiras > Publicidade e Propaganda > Profissional de mídia digital potencializa vendas

Profissional de mídia digital potencializa vendas

No Rio, publicitário faz análise de mercado digital crescente e promissor

por Guss de Lucca

Muito mais coisa está em jogo quando você acessa um site de compras, notícias ou até mesmo abre seu e-mail para checar as correspondências virtuais do dia. A cada clique, a cada pesquisa feita ou comentário escrito dados são gerados e podem auxiliar empresas a entender melhor seu público. Porém, para analisar esses dados e entender qual é a melhor maneira de usá-los é necessário o serviço de um profissional de mídia digital – caso do publicitário João Alves. Coordenador de mídia online de uma agência, ele explica sua função como a busca por “oportunidades para potencializar a venda de um produto ou de um serviço”.

“A grosso modo é isso. Recebo do cliente um briefing com um resumo de informações do nosso público, destrincho esses dados na busca de um perfil mais assertivo desses usuários e passo a avaliar como esse cara se comporta num ambiente digital”, explica ele.

“No meio digital é possível observar em tempo real o comportamento do cliente. Sei como ele reage ao ser impactado por alguma mídia, consigo entender a jornada de consumo dele e com isso posso otimizar a minha venda. Sei se esse cara entra na padaria e compra o pão ou se ele entra, acha o pão caro e sai. E com essas informações preciso excluir o cara que só olha e atrair o cara que compra”, diz Alves.

publicitário joão alves

Para ele o maior desafio de um profissional de mídia online é se fazer entender por pessoas que não fazem parte desse meio – principalmente os clientes que buscam seus serviços. “Como é muito técnico em alguns momentos o entendimento das pessoas que não têm familiaridade com isso atrapalha em muito o trabalho. Ser muito claro é importante para quem está pagando pelo serviço, entender de cara como ele funciona e quais são seus benefícios.”

Mercado promissor
O mercado é promissor àqueles que entendem qual o melhor caminho a trilhar. “Falamos de uma área cada vez mais automatizada. Você precisa de mais cabeça e menos braço. Não é à toa que todos os institutos e órgãos que são focados na formação de profissionais entendem que esse cara não é formado naturalmente na faculdade. Ele precisa ser lapidado, pois a maioria dos conhecimentos desse departamento não é apurado na faculdade”, comenta.

A dica para os interessados em entrar no universo da mídia online é buscar formação em áreas como a publicidade, que pode fornecer um panorama geral do mundo em que ele estará inserido, e ir atrás de conteúdo paralelo com foco nessa especialização. Entre os institutos onde é possível aprender mais está o Google Partner, um tipo de escola técnica – e gratuita – sobre todos os produtos que o Google vende.

“E não deixar de ter curiosidade, uma pitada de ambição em relação ao nível intelectual. O bom profissional não se deixa acomodar por uma rotina, ele busca sempre fazer melhor, estudar os processos pra executá-los de uma maneira mais assertiva, mais rápida”, esclarece.