Home > Carreiras > Publicidade e Propaganda > O manuseio da torneira e a impressão de banners

O manuseio da torneira e a impressão de banners

Publicidade da VAGAS.com faz leilões virtuais e vê faturamento crescer

por Kety Shapazian

Rodrigo Bueno, da equipe de publicidade da VAGAS.com, é o responsável pela abertura e pelo fechamento da torneira. Não, o analista de sistemas não virou suco – nem encanador. Ele controla a impressão de banners nos sites VAGAS.com.br e VAGAS Profissões.

Com o novo alerta de vagas do VAGAS.com.br, o número de visitantes únicos gira atualmente em torno de cinco milhões mensais. E quanto maior o número de visitantes únicos maior o inventário da VAGAS, ou seja, a quantidade de impressões de banners. “A grande tarefa que a gente tem agora é monetizar as impressões.”

“Seguindo a analogia da torneira, a água seria a impressão do banner. Hoje, conseguimos imprimir 176 milhões de banners por mês”, diz Bueno. Aos leigos, como essa que escreve este post, o termo impressão acontece cada vez que a pessoa abre um site e um banner de publicidade aparece na tela.

AdNetwork e leilões
Aí que entram a abertura e o fechamento da tal da torneira. A equipe de publicidade atua em duas frentes para fazer com que as impressões gerem dinheiro: a venda direta, negociando diretamente com agências de publicidade, e as redes de AdNetwork. Segundo Bueno, as redes concentram os banners na internet e administram as impressões dos inúmeros sites na outra ponta.

“Com as duas informações em mãos as redes fazem os leilões, que funcionam praticamente iguais aos leilões que as pessoas conhecem. Porém, a gente libera por mês apenas 35 milhões das 176 milhões de impressões do inventário da VAGAS”, explica. Quanto mais ele abre a torneira, mais barata fica a impressão. Por isso o controle da torneira é importante.

Com análises diárias, Bueno vê os clientes que estão gastando menos, portanto, terão menor acesso ao inventário e ainda pagarão um valor maior pelas impressões. Já quem paga mais pelas impressões, é claro, tem mais acesso ao inventário e o preço cai. “Quanto mais dinheiro colocarem nas redes, mais impressões a gente libera.”

*Veja o cargo de analista de sistemas no Mapa VAGAS de Carreiras.