Home > Carreiras > Marketing > Cargo de analista de marketing requer liderança

Cargo de analista de marketing requer liderança

Serviço envolve diariamente elaboração de estratégias e planos de ação

por Guss de Lucca
fotos por Newton Santos

Parte vital de qualquer grande empresa de serviços ou produtos, a área de marketing é responsável por diversos níveis de comunicação, seja interna ou externa, cujo foco é expandir o raio de ação do negócio. E apesar dos diversos cursos e formações aceitas nesse meio, há um consenso de que a grande escola ainda é o trabalho diário.

Aos 22 anos o analista de marketing Victor Guimarães, da Unilever, é prova disso. Formado em administração de empresas, ele se apaixonou pela área ainda na faculdade, momento em que deu início ao seu estágio. “Me interessava principalmente por trabalhar com marcas de uma maneira estratégica e procurei o mercado visando entrar nessa área”, conta.

Após dois anos estagiando no segmento de amaciantes da multinacional, ele foi efetivado como analista de marketing da marca de detergente para roupas Skip, cuja curiosidade é não ser comercializado no Brasil, mas em países da América Latina, como Chile e Argentina – uma mudança de clima que instigou o próprio funcionário a se inteirar mais sobre esses mercados.

analista de marketing da Unilever Victor Guimarães

Projetos de inovação
“É bem diferente do que era no estágio. Antes eu ia ao mercado eu via os produtos, o preço dos concorrentes, suas ações. Com o Skip a ponte é mais complicada. Fazemos muitas teleconferências e temos representantes transitando entre os mercados, o que é importante, pois os times locais estão mais perto do negócio”, relata o analista, um dos responsáveis por coordenar projetos de inovação da marca para os países onde o produto é vendido.

Por conta disso, Guimarães deixa clara a necessidade do analista de marketing saber exercer sua liderança e a boa comunicação com todas as áreas da empresa. “Cada marca tem uma agência de mídia geral e parceiros que cuidam de digital e impresso, por exemplo. Normalmente fazemos o briefing para nossas agências, eles passam algumas propostas e vamos realizando tudo alinhados. Quem trabalha com projetos de inovação depende de todo mundo e precisa saber se comunicar bem.”

Além disso, o profissional de marketing precisa entender o funcionamento dos outros departamentos da empresa para melhor aproveitá-los, algo que Guimarães define como saber ser articulado e político. “Para realizar seu trabalho o marketing depende de pessoas do jurídico, de embalagem, da fábrica, de planejamento. É preciso ter uma habilidade de comunicação e muito tato para lidar com as pessoas”, ressalta.

Formação em marketing
E se formação em marketing certamente ajuda, não são poucos os funcionários que atuam como analistas com backgrounds diferentes, caso do próprio funcionário da Unilever. “Quando entrei não entendia muita coisa de marketing. O serviço funcionou como uma escola pra mim e para muitos outros que trabalham comigo e não fizeram curso na área. A Unilever prega bastante essa coisa de diversidade – por isso há uma variedade de perfis e formações.”