Home > Carreiras > Logística > Logística: setor bilionário e em alta

Logística: setor bilionário e em alta

Segmento carece de mão de obra e se manterá aquecido nos próximos anos

por Marcus Lopes

Apenas em 2015, o setor de logística deve movimentar R$ 510 bilhões no Brasil. Em um país onde os bons números econômicos contrastam com os gargalos de infraestrutura, os profissionais de logística são cada vez mais requisitados pelas empresas e pelos órgãos públicos. E as faculdades correm atrás da demanda criando cursos de nível superior específicos para o setor.

A área pode ser uma boa opção para quem gosta de lidar com infraestrutura, transportes, planejamento estratégico e, claro, muitos números. Seja um curso técnico ou mesmo de graduação, a logística é uma boa opção para quem deseja trilhar uma carreira relativamente nova, mas essencial para a economia do País. Além de universidades privadas em diversos estados brasileiros, o curso também é oferecido por instituições como a Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec) e o Senac.

Armazenamento e distribuição
Em linhas gerais, o curso é destinado à formação de profissionais para atender as atividades de transporte, armazenamento e distribuição em diversas áreas, tanto na indústria como nos setores de comércio e serviços. “Trata-se de um mercado de trabalho com enorme potencial, principalmente por causa das dimensões continentais do Brasil e dos vários gargalos de infraestrutura do País”, afirma o coordenador do curso de Tecnologia em Logística da Universidade Anhanguera de São Paulo, Luís Shigueru Kanamori.

O curso, que algumas instituições também chamam de Tecnologia em Logística e Transporte, geralmente dura dois anos e oferece as seguintes disciplinas específicas: gestão de custos logísticos, intermodais, logística empresarial, planejamento, programação e controle de produção, logística internacional, operações de terminais e armazéns, qualidade em sistemas logísticos, transportes, distribuição e seguros. O aluno também estuda matérias relacionadas à economia, marketing e administração de empresas.

As maiores demandas de profissionais estão em regiões com forte tradição em transporte, como cidades portuárias, industriais e nas grandes metrópoles. Para se ter uma ideia da importância da logística nas grandes cidades, os congestionamentos em São Paulo e no Rio de Janeiro, as duas maiores regiões metropolitanas do País, provocaram um prejuízo de R$ 98,4 bilhões em 2013, segundo pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Mobilidade é desafio
“A mobilidade tornou-se um dos principais desafios das metrópoles. Muitos projetos estão em andamento, como ampliação de rodovias, ferrovias e hidrovias”, afirma Kanamori. Ele dá dicas para quem pretende seguir a carreira: “A logística é uma das áreas que registram maior crescimento em oportunidades profissionais, tanto no Brasil como no exterior. Trata-se de uma área que vai necessitar de muitos profissionais nos próximos anos. Estamos vivendo um apagão logístico, justamente por causa da falta de mão de obra, o que torna a área atraente. Procure instituições com professores qualificados e especialistas na área.”

*Confira todos os posts do Guia VAGAS de Profissões e descubra qual carreira seguir!