Home > Carreiras > Engenharia Química > O papel do engenheiro na construção de um mundo melhor

O papel do engenheiro na construção de um mundo melhor

Por Fernanda Bottoni

Ouvir Luis Antonio Indelicato do Vale, de 27 anos, falar da sua profissão é ter a certeza de que a Engenharia vai muito além do que normalmente pensamos. E que pode ser apaixonante.

Desde criança, ele queria ser cientista. Essa era, aliás, sua brincadeira favorita. Quando escolheu Engenharia, já sabia que sua área seria a Engenharia Química.

“Todo mundo pensa primeiro na [Engenharia] Civil, em construir estradas etc. Mas eu sempre gostei de ciências e nem pensei em outra possibilidade.”

Luis Antonio: "Eu não faço um mundo perfeito, mas é responsabilidade do engenheiro fazer um mundo melhor"

Luis Antonio: “Eu não faço um mundo perfeito, mas é responsabilidade do engenheiro fazer um mundo melhor”

Formado pelas Faculdades Oswaldo Cruz, em São Paulo, sua carreira começou com um estágio numa multinacional francesa de cosméticos. Lá mesmo ele foi efetivado como engenheiro da área de Qualidade Industrial. Depois, deixou a multinacional para trabalhar com Pesquisa e Desenvolvimento em uma empresa nacional de bens de consumo. Hoje, ele é Engenheiro Químico da área de meio ambiente de uma montadora japonesa.

Para Luis Antonio, Engenharia, além de ser uma paixão, é um compromisso social.

“Quando você faz um projeto, é seu o dever social de respeitar o meio ambiente, a segurança das pessoas que vão utilizar seu produto ou serviço. Você tem de respeitar as gerações futuras.”

Convicto nas suas afirmações, ele acredita que sua profissão é apaixonante porque, por meio da Engenharia, é possível desenvolver produtos para melhorar a vida das pessoas, trazer inclusão, acabar com o desconforto e otimizar o tempo com algumas atividades para que sobrem mais horas para as coisas que realmente importam.

“A Engenharia está por trás de tudo isso. Até por trás de um remédio tem muita pesquisa e engenharia. Eu não faço um mundo perfeito, mas é responsabilidade do engenheiro fazer um mundo melhor.”

Dicas de carreira de Luis Antonio

  • Quem escolhe Engenharia precisa saber que vai ter muita responsabilidade — pelos projetos, pelas pessoas, pelos prazos. Tudo isso envolve muito estresse e é preciso saber lidar com esse fator sem prejudicar sua entrega.
  •  O engenheiro químico especificamente precisa entender o que é a sua profissão. Uma coisa é a ciência, o que você estuda na faculdade. Outra coisa é a prática, a forma como o Brasil vê a sua profissão, o mercado de trabalho, o que você vai fazer de fato.
  • É preciso falar outros idiomas. Inglês, pelo menos, é indispensável desde o início da faculdade.
  • Também é preciso estar sempre muito bem atualizado, pois a tecnologia muda o tempo todo e o engenheiro precisa acompanhar todas essas mudanças. Elas têm impacto direto nos custos dos projetos.
  • É necessário estar sempre pensando no futuro, sacar qual é a tendência no mundo para propor uma tecnologia que seja boa daqui a trinta anos.
  • O engenheiro também deve saber que sua responsabilidade por um projeto ou produto que desenvolveu nunca acaba. É para sempre.

Confira algumas vagas na área de Engenharia Química