Home > Carreiras > Ciência da Computação > Crescimento contínuo na carreira do gerente de TI

Crescimento contínuo na carreira do gerente de TI

Por Udo Simons

Em 2003, aos 24 anos, Roberto Macena Viana trabalhava como coordenador de quarenta pessoas em um departamento de service desk. Apesar de ser chefe à época, ele tinha dúvidas sobre sua capacidade de comando. Acreditava que seu temperamento “sereno” e sua maneira “tranquila” de falar o prejudicavam como gestor. Ele via companheiros seus desempenhando a mesma função de forma completamente diferente da maneira como ele tratava seus subordinados. Sentia-se inadequado por isso. “Não consigo fazer de maneira que não seja a minha”, pensava de forma quase aflita. Hoje, dez anos depois, reconhece como estava errado. Não em agir como agia, mas por se achar inadequado.

Foi assim, percebendo sua forma de trabalhar, sendo paciente e persistente, que Roberto cresceu na carreira. Atualmente, ele é gerente de TI responsável por Governança & Compliance na Capgemini, multinacional prestadora de serviço de consultoria, tecnologia e terceirização. Em seu cotidiano, lida com a padronização dos processos internos, garante o cumprimento dos protocolos das certificações adquiridas e mantém a segurança da informação no ambiente de trabalho da empresa.

“Organizo todos os processos do ponto de vista da tecnologia da informação. É um trabalho de fim a fim.”

Roberto é formado em Ciência da Computação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Quando adolescente, fez curso técnico de Eletrônica na Instituição Tecnológica de Osasco. “Era da área de infraestrutura. Comecei a trabalhar com suporte técnico de equipamentos.” Seu gosto pelo maquinário veio de criança. Ele era daqueles meninos que, ao receber um brinquedo, desmontava o presente para descobrir o que tinha dentro. “Às vezes, algumas peças ficavam de fora ao remontá-los”, recorda. Foi a partir de sua curiosidade que seu interesse por computação despertou. Também influenciou o pai, senhor Luiz, ter sido desenhista mecânico. “Por influência dele, aos 13 anos, fiz curso de Reparação de Equipamentos Eletrônicos no Senai.”

Entretanto, ao começar a vida profissional, os consertos de equipamentos ficaram para trás. Fatores como boa capacidade de comunicação interpessoal, paciência e organização o levaram a outras áreas, especificamente à governança, nicho dentro de TI. Em 2007, deu o primeiro passo para se tornar especialista no segmento. Para isso, precisou investir em cursos. “Gastei 15 mil reais para obter minha primeira certificação em ITIL (Information Technology Infrastructure Library).”

Para quem não é familiarizado, ITIL é um programa de boas práticas à gestão de serviços de TI. Como numa biblioteca, reúne inúmeros exemplos de funcionamento, aplicações e soluções de problemas. Este sistema foi desenvolvido pelo governo inglês no final da década de 1980 e se tornou referência mundial. Quem obtém qualificação em ITIL torna-se profissional especializado e com melhores salários.

“Em 2009, conquistei meu master em ITIL”, orgulha-se. A partir daí, sua vida profissional evoluiu mais rápido. “A Capgemini, vendo minha conquista e esforço, subsidiou outras especializações.” Numa conta rápida, Roberto diz ter feito vinte e cinco cursos de especialização. Se depender dele, essa quantidade vai aumentar. Para conseguir novas posições na carreira, ele planeja fazer, a cada três meses, alguma nova especialização. “Quero tornar-me gerente sênior. Quero ter mais responsabilidades e mais importância para os negócios da empresa.”

Dicas de carreira de Roberto

  • Ser organizado. Ajuda, também, ser metódico;
  • Estudar novas metodologias de governança;
  • Fazer cursos de especialização técnica;
  • Dominar o ITIL (Information Technology Infrastructure Library) e o COBIT (Control Objectives for Information and Related Technology), entre outros;
  • Desenvolver habilidades de comunicação;
  • É muito importante falar inglês;
  • Aproveitar as oportunidades dentro da empresa mesmo que a atividade não seja prazerosa, pois sempre tem alguém observando seu trabalho.