Home > Carreiras > Administração > Da área gráfica para a gestão de alianças estratégicas

Da área gráfica para a gestão de alianças estratégicas

Por Fernanda Bottoni
Foto de Rogério Montenegro

Fabiana Barbosa Batista, de 33 anos, decidiu fazer Administração de Empresas depois de ter feito dois cursos técnicos, um de Processamento de Dados e outro de Artes Gráficas. “Eu queria desenvolver habilidades gerenciais para atuar em qualquer uma dessas áreas”, conta ela, que se formou pela FEI, em São Paulo, e fez MBA em Marketing Estratégico na Unisinos, em Porto Alegre.

Sua carreira começou na área gráfica, mas – depois de seis anos de trabalho e um ano de estudo nos Estados Unidos, fazendo cursos de extensão na área de International Business – foi contratada pela SAP, multinacional fabricante de software para gestão empresarial, onde trabalhou por quatro anos.

“Foi assim que iniciei minha trajetória na área de Gestão de Alianças Estratégicas para o mercado de TI, há mais de 6 anos”, conta.

Há três anos, Fabiana é gerente de Alianças da Indra, empresa global de tecnologia. Ela conta que, na mudança de uma companhia para a outra, aprendeu que é fundamental identificar rapidamente o perfil de atuação de cada empresa.

“Cada uma tem sua forma de atuação e, quanto mais rápido você identificar esses detalhes, mais condições de fazer a diferença você terá”, diz ela.

Fabiana também aprendeu que é fundamental identificar o que esperam de você em cada função. “Também aprendi que cada vez mais são valorizados nas empresas a iniciativa e o aprendizado rápido”.

Fabiana não nega que tenha uma rotina intensa, com um grande número de parceiros para gerenciar e metas de desenvolvimento de negócios importantes para cumprir. Ela confessa, sim, que precisa se desdobrar para atender as demandas de tantas áreas da empresa, mas acredita que toda essa correria seja recompensada pela possibilidade de fazer contato com outras empresas e desenvolver relacionamentos confiança e transparência elas.

“Essa é a parte mais bacana, eu acho”, diz ela, empolgada.

Dicas de carreira da Fabiana

  • É fundamental que o profissional que deseja atuar na área de Alianças Estratégicas e Parcerias na área de TI tenha uma visão do seu ecossistema de negócios, possua um raciocínio crítico quanto à aplicabilidade das soluções nos processos de seus clientes, além da sua complementaridade com outras soluções, produtos e serviços;
  • Para atuar em qualquer tipo de parceria, é muito importante ser uma pessoa de fácil relacionamento, com habilidades de negociação e  postura que transmita confiança;
  • Como sugestão de formação, creio que o curso de Administração ofereça uma boa base de desenvolvimento analítico. Como especialização, acho que tanto uma formação mais comercial quanto uma mais técnica são bem-vindas e agregam bastante no dia a dia da profissão.