Home > Carreiras > Administração > Formação em seguros: carreira garantida

Formação em seguros: carreira garantida

Por Fabíola Lago

Como elaborar uma apólice de seguros para uma empresa? E para uma família? Como funciona a previdência privada? E um seguro para automóveis? O mercado de seguros é um dos que mais cresce no País. Ao contrário do que se pode imaginar, trata-se de um segmento que exige diversos conhecimentos, teóricos, jurídicos, de gestão administrativa, finanças e um profissional bem formado faz a diferença para as empresas seguradoras.

Foi o que levou Alexandre Ikenami, 27 anos, a investir em uma carreira nesse segmento.  Após uma temporada no exterior, ao retornar ao Brasil, em 2009, seguiu o conselho dos pais e entrou na Escola Nacional de Seguros. “Eles apostaram que o mercado de seguros seria uma boa escolha para o meu futuro”, lembra.

Hoje, Alexandre cursa o último período da Graduação em Administração com Linha de Formação em Seguros e Previdência, no Rio de Janeiro. Após quatro anos de estudo, avalia que construiu uma sólida formação, que contribui para sua trajetória profissional. “Atualmente, todas as empresas, especialmente as grandes, precisam de profissionais com conhecimento em seguros para seus negócios. Por isso, valorizam os alunos da Escola, pois sabem que temos um diferencial acadêmico e que estamos preparados para encarar os desafios empresariais”.

Já no primeiro período, Alexandre conseguiu um estágio na SulAmérica Seguros. Concorreu com mais de 100 candidatos e foi aprovado no processo seletivo. “Naquele momento tive a convicção de que a formação em Seguros e Previdência seria um diferencial na minha carreira”. Trabalhou um ano na área de Automóvel e depois foi para a Icatu Seguros, onde atuou com Vida e Previdência.

“Em seguida, fui convidado a ingressar em um mercado muito concorrido, o de resseguro, na corretora multinacional inglesa Cooper Gay. Foi uma grande conquista e, ao mesmo tempo, um enorme desafio. Tive a oportunidade de trabalhar com grandes riscos. Neste aspecto, o embasamento teórico recebido na Escola Nacional de Seguros fez toda a diferença”, conta.

Atualmente, Alexandre é analista de Resseguros na área de Subscrição da Generali Seguros.

Em sua avaliação, o conhecimento acadêmico, com uma formação consistente e domínio de conceitos teóricos é uma vantagem competitiva para os estudantes da Escola Nacional de Seguros. “As empresas do setor valorizam os estudantes da instituição porque sabem que seu desempenho é diferenciado, seu parâmetro é a excelência”, destaca Alexandre.

Os professores também fizeram diferença na formação de Alexandre. “A maioria dos docentes, além de ter experiência no mercado de seguros, é composta por mestres ou doutores. É o conhecimento acadêmico aliado à prática, com cases, ou seja, tudo que um estudante deseja para sentir-se seguro na hora de iniciar sua carreira”. São poucas as escolas e faculdades com foco no mercado de seguros.

“Acredito que fiz a escolha certa. A Escola Nacional de Seguros, além do reconhecimento do mercado, foi avaliada com conceito 4 pelo Enade no Rio de Janeiro, e 5, pontuação máxima, em São Paulo”, diz o profissional.

Vale destacar que o mercado de seguros está em forte crescimento e demandando cada vez mais profissionais especializados. Uma ótima opção para quem pretende ser um profissional diferenciado ou pensa em migrar para outra área profissional.