Home > Carreiras > Administração > Embaladora lida com produtos hospitalares

Embaladora lida com produtos hospitalares

Todo cuidado é pouco na hora de embalar anestesias e medicamentos

por Guss de Lucca
foto por Ailton de Oliveira

O trabalho da embaladora Adriana Martins é extremamente delicado. Muitas vezes ele requer o uso de luvas, óculos de proteção e outros apetrechos. Tudo isso porque ela embala diariamente dezenas de medicamentos e produtos hospitalares, como as anestesias que são enviadas aos centros cirúrgicos. “Precisa ser super cuidadosa. Temos troca diária de uniformes, lavagem constante das mãos, cuidados bem minuciosos, pois trabalhamos com vidas”, explica ela, orgulhosa do serviço realizado, que toma grande parte de sua rotina.

Adriana já havia trabalhado durante seis anos em laboratórios do mesmo ramo. Porém, após a última gravidez ela deixou o emprego para se dedicar aos três filhos – período em que complementou a renda familiar como revendedora de lingeries. O problema é que o tempo passou rápido e dois anos mais tarde Adriana continuava sem um emprego fixo. “Fiz uso de vários sites, agências de emprego, até que pelo meu cadastro no VAGAS.com.br um laboratório farmacêutico mandou uma solicitação de entrevista”, recorda ela, ressaltando que seu currículo foi localizado pela empresa sem qualquer auxílio.

“Não me candidatei a essa vaga e nem especifiquei um tipo de empresa. Coloquei apenas que era auxiliar de produção.” O processo, segundo Adriana, foi bem rápido. “Primeiro marcaram um teste. Assim que fui aprovada me encaminharam para uma entrevista com a supervisora de produção”, conta, certa de que a experiência no ramo foi essencial para a contratação, há cerca de dois meses.