Home > Carreira > Evolução profissional > Carreira profissional x profissão: qual é a diferença?

Carreira profissional x profissão: qual é a diferença?

É preciso entender a diferença entre os dois termos para fazer escolhas mais corretas
Mulher segura o celular com expressão de dúvida

Entender a diferença entre carreira profissional e profissão é muito importante para utilizar o termo mais adequado para cada situação e também para direcionar as suas escolhas na hora de definir o que você vai estudar ou que tipo de emprego quer buscar. 

Qual é a diferença entre carreira profissional e profissão?

Carreira profissional é a trajetória que você percorre durante a vida profissional. Uma carreira engloba cargos e empresas em que você trabalhou, os conhecimentos que você acumulou e as competências e habilidades que você foi desenvolvendo para crescer profissionalmente.

Profissão, por outro lado, é o que você estuda. É mais provável que você possa escolher a profissão que vai ter do que a carreira profissional que vai seguir. Ou seja, na hora de prestar vestibular, você escolhe o curso que quer fazer e, consequentemente, a profissão que vai ter. Você pode ser engenheiro, fisioterapeuta, jornalista ou nutricionista.

Carreira profissional: como definir sua trajetória

Ao escolher uma profissão, no entanto, você não está necessariamente definindo a carreira profissional que vai seguir. Imagine que você decida estudar engenharia. Você pode ser um engenheiro e trabalhar em grandes obras. Mas também pode ser aquele engenheiro que faz carreira em um banco de investimentos. Ou pode seguir uma carreira acadêmica e se dedicar à pesquisa e às aulas em universidades. Entende a diferença?

E esse caminho que a sua carreira vai seguir nem sempre depende apenas das suas decisões. Muitas vezes aparece um estágio ou primeiro emprego que determina sua entrada no mercado de trabalho. A partir daí você ganha experiência em determinado setor, por exemplo, e tem oportunidade de crescer lá dentro. De uma forma que talvez você não tivesse nem imaginado mas tenha tudo a ver com você. 

Ainda assim, quanto mais clareza você tem da carreira que quer desenvolver, mais pode direcionar as suas escolhas para alcançar seus objetivos. Você pode criar um plano de carreira para desenhar passo a passo como vai chegar aonde quer chegar. 

No entanto, como a carreira profissional é muito dinâmica. sempre há a possibilidade de uma oportunidade surgir em um segmento que você não tinha ainda considerado. E pode ser uma boa surpresa. Você pode se adaptar e continuar por lá – ainda que essa não fosse a sua primeira opção.

Dificuldade na escolha da profissão

Escolher uma profissão é muito difícil. Por isso, é comum ver jovens terminando o Ensino Médio totalmente sob pressão. São muitas opções e, na verdade, pouco conhecimento prático do que cada uma significa. 

Se você está nesse momento, temos uma boa notícia. Nada é tão definitivo quando se trata de profissão e carreira. Você pode, sim, começar um curso e descobrir que não é para você. Também pode acontecer de você ter a sorte de escolher uma graduação sem muita convicção e descobrir que era exatamente aquilo que você queria.

Qual carreira seguir e por onde começar?

Se você precisa escolher uma carreira e não sabe por onde começar, um teste vocacional pode ajudar bastante. Este “teste” é, na verdade, um instrumento que identifica interesses profissionais. Existem vários deles no mercado, mas a ideia principal é essa. 

Para escolher uma profissão, também é importante saber o que você gosta de fazer e o que você aprende com mais facilidade. Ou seja, é preciso saber em que você se destaca. Sabendo disso, fica mais fácil selecionar alguns cursos para pensar melhor em cada possibilidade.

De qualquer forma, como já dissemos, a escolha é difícil e ninguém tem obrigação de saber – aos 17 ou 18 anos – o que vai querer fazer pelo resto da vida. É importante focar na sua decisão, mas também entender que você pode revê-la sempre que achar necessário.

Ter mais de uma profissão é ruim?

Outra boa notícia é que existem muitas formas de redirecionar a sua carreira quando você já estiver formado e souber melhor o que gosta e o que sabe fazer melhor. Especializações e pós-graduações podem colocar sua trajetória no rumo que você quiser. 

Você pode, por exemplo, ser um veterinário que fez MBA em administração para trabalhar em uma empresa farmacêutica. Pode, claro, também ser aquele engenheiro que estudou investimentos e foi para o segmento financeiro. 

Ter mais de uma profissão não é ruim desde que você saiba onde quer chegar e direcione seu aprendizado e sua carreira para alcançar seu objetivo. 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.