Home > Acontece > Acontece no Mercado > O que você precisa saber para ser estagiário

O que você precisa saber para ser estagiário

Confira tudo o que é preciso saber para começar mais esta etapa na sua vida

Para ser estagiário você precisa estar matriculado e ter frequência regular em algum curso de educação superior, curso técnico ou ensino médio. A ideia do estágio é que você possa desenvolver atividades relacionadas à sua área de formação, com responsabilidades e carga horária definidas em um termo de compromisso assinado entre você, empresa e instituição de ensino.

Qual é a hora de ser estagiário

O momento ideal de buscar estágio é do meio para o final do curso. Como lembra Fabíola Brenelli, consultora de recursos humanos da Cia de Talentos, a lei sobre Estágio (Lei nº 11.788, de 25/09/2008) prevê que a duração do estágio não ultrapasse dois anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência. “A maioria das empresas busca estagiários cursando o penúltimo ou último ano do curso”, diz. “Dessa forma, depois do período máximo de estágio, as possibilidades de efetivação são maiores”, diz ela. Por outro lado, se você deixar a busca por estágio muito para o final do curso, pode não atender ao requisito da vaga de ter pelo menos um ano para estagiar.

Como conseguir um estágio

1. Faça um currículo

Para buscar um estágio é necessário fazer um currículo. Ele deve conter estes tópicos:

  • dados pessoais (nome, idade, endereço de residência, contato telefônico e email);
  • formação acadêmica (dados do seu ensino técnico ou superior, com curso, nome da instituição, mês/ano de início, mês/ano de conclusão, período que estuda);
  • conhecimentos de idioma (idioma e nível);
  • outros conhecimentos (pacote office por exemplo);
  • experiências complementares (qualquer experiência é interessante e vale especificar onde, por quanto tempo, suas principais atividades).

2. Saiba como dar um up no currículo

Para ter um diferencial no currículo, uma dica importante é se envolver em atividades extracurriculares e aproveitar oportunidades e discussões oferecidas na faculdade ou colégio. Essas atividades podem ser Empresa JR, Comissão de Formatura, Atlética, Grupos de Estudo, Atividades Sociais, Voluntariado, Atividades esportivas e etc. “É importante trazer exemplos de atividades que envolveram pessoas, times, objetivos e resultados, atividades desafiadoras que geraram algum aprendizado e desenvolvimento, atividades em que você teve iniciativa e autonomia para realizar alguma coisa”, diz a especialista.

Isso porque essas atividades desenvolvem algumas das competências que as empresas buscam hoje em um estagiário, como trabalho em equipe, colaboração, iniciativa, análise e pensamento crítico, tomada de decisão, autonomia e responsabilidade.

Lembre-se de que as empresas não buscam estagiário com experiência, mas estudantes alinhados à sua cultura e aos seus valores e que tenham alguns comportamentos e competências para lidar com questões do dia a dia da área e da empresa.

3. Faça uma lista de empresas interessantes

O terceiro passo é listar algumas empresas com que você se identifica, por ser com a marca ou os produtos, ou em que você tenha vontade de trabalhar. Busque informações sobre elas e tente saber se elas têm oportunidades de estágio. “Conhecer um pouco mais da companhia – missão e valores – além dos produtos é muito importante para saber se a empresa tem a ver com o que você acredita e busca para sua vida e carreira profissional”, afirma Fabíola. “Conversar com pessoas que já trabalham ou estagiam nestes lugares também é muito rico.”

4. Encontre as oportunidades

Você pode encontrar oportunidades de estágio em sites como o VAGAS.com.br. Também pode obter informações nos próprios sites das empresas que você listou no item 3. Normalmente, elas publicam essas informações na área “Trabalhe conosco”. A escola ou faculdade também são boas fontes de informação.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.