Home > Acontece > Acontece no Mercado > O que fazer com o 13º salário?

O que fazer com o 13º salário?

Saiba como evitar a ressaca financeira após o período de festas de fim de ano

por Marcus Lopes

Uma das grandes alegrias do fim do ano é ver a conta bancária engordar com o 13º salário. No entanto, antes de sair gastando o dinheiro extra, os economistas alertam que é necessário pensar no futuro para evitar a ressaca financeira após o período de festas de fim de ano. Janeiro é mês de gastos adicionais com impostos, como o IPTU e o IPVA, o que pode comprometer o orçamento de quem não se planejou o suficiente.

Como usar o 13° salário da melhor forma

O economista Mauro Calil, especialista em investimentos do banco Ourinvest, afirma que a primeira coisa a se fazer com o bônus é o pagamento de dívidas. “Se houver dívidas, a pessoa deve tentar eliminá-las ou reduzi-las ao máximo possível”, afirma Calil.

Em seguida, ela deve fazer uma lista do que deve ser pago nos primeiros três meses do ano, para não começar o ano novo no vermelho. Aí entram os impostos anuais, matrícula da escola para os filhos e compra de material escolar, entre outros gastos típicos do começo do primeiro semestre.

Com o resto do dinheiro do décimo terceiro, a pessoa pode gastar na ceia de Natal ou então investir. “Na fase de investimentos, a pessoa deve responder a três perguntas: quanto será investido, qual o prazo e o objetivo”, afirma Calil, dono da Academia do Dinheiro, instituição especializada em cursos de finanças e educação financeira.

Ao escolher uma modalidade de investimento, é necessário analisar a rentabilidade do dinheiro. Os mais conservadores podem optar por fundos de renda fixa ou então a velha e boa caderneta de poupança.

Caderneta de poupança

A caderneta de poupança, apesar dos benefícios oferecidos, como a isenção de impostos, não é o melhor tipo de investimento para o 13° salário, pois os ganhos são menores. “Se a pessoa não conhece nada em termos de investimentos além da caderneta de poupança, tudo bem, pode aplicar nela. Mas não é a melhor maneira de investir”, alerta o economista.

Fundos e Letras do Tesouro, por exemplo, possuem a mesma segurança da poupança e alguns também são isentos de impostos. No caso, é preciso ficar de olho na taxa de administração cobrada pelo banco. Vale conversar com o seu gerente.

Ao receber o décimo terceiro, também é necessário calcular o que NÃO  fazer com o dinheiro. O primeiro passo errado é contrair novas dívidas. “Há pessoas que recebem o décimo terceiro e logo fazem novas dívidas, como compra de carros, viagens e aparelhos celulares novos”, alerta Calil.

“A pessoa acaba contraindo novas dívidas e se apertando o ano todo”, completa o economista, que dá a dica principal para quem deseja entrar no ano novo com as contas no azul: “Poupe primeiro, para depois gastar”.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.