Home > Acontece > Acontece no Mercado > Hotelaria: procura por EAD cresce quase 300%

Hotelaria: procura por EAD cresce quase 300%

por Fernando Porto

O ensino virtual, ou Ensino à Distância (EAD), tem sido a maior ferramenta de formação de profissionais dos últimos anos, principalmente para pessoas que não tinham a oportunidade para uma formação básica por causa da falta de condições financeiras, tempo (a maioria já trabalha) e grande distância. A hotelaria está sendo exemplar nessa oferta de oportunidades para os funcionários que ainda não concluíram o ensino fundamental, médio ou que estão se preparando para o vestibular.

Um fato que comprova isso está no próprio quadro de cursos à distância oferecidos pelo Fohb, o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, que reúne as 25 principais redes hoteleiras nacionais e internacionais instaladas no País, com 600 hotéis em operação e mais de 97 mil apartamentos em todo o Brasil. A entidade registrou um aumento recorde no número de matrículas para os cursos do Supletivo Virtual, promovidos pelo Instituto Ibesi de Ensino, um dos grandes parceiros do Fohb no segmento de educação.

Formalizada em 2011, a parceria entre o Fohb e o instituto aponta que o número de matrículas realizadas por funcionários das redes hoteleiras associadas ao fórum cresceram vertiginosamente até 2014, registrando um aumento de pouco mais de 290% no número de alunos matriculados nos cursos do sistema Supletivo Virtual. Quando o acordo foi firmado, há três anos, eram 287 alunos matriculados. Hoje, esse número chega a 1.000 pessoas em todo o Brasil e no exterior, já que o curso é totalmente online.

Mão de obra qualificada
“Esses dados mostram o interesse dos colaboradores em se aperfeiçoar e adquirir conhecimento, além da qualificação profissional junto aos planos de carreira disponibilizados pelas redes hoteleiras. Estamos em pleno crescimento e ganhando mão de obra qualificada, por isso investimos constantemente em parcerias que fomentem a educação e a capacitação do setor”, diz Roberto Rotter, presidente do Fohb.

oi

O corpo docente do Instituto Ibesi é todo formado pela USP (Universidade de São Paulo) e oferece aulas online em cursos supletivos para conclusão do ensino fundamental e médio a preços simbólicos. As aulas são ministradas para funcionários ligados principalmente às áreas operacionais das redes hoteleiras, como, por exemplo, o pessoal da governança na hospedagem e atendimento na área de alimentação. O supletivo virtual do Fohb permite que o aluno tenha acesso às aulas por meio da internet ou pela impressão do material didático dentro dos hotéis.

Amigos e parentes também podem participar
O projeto foi apresentado aos gerentes gerais e departamentos de RH das redes associadas, para que estes incentivem seus colaboradores a participar em todo o País. Comandado pelo professor Ibrahim Khouri, o supletivo virtual oferece oportunidade não só a funcionários dos hotéis associados ao Fohb, como também a amigos e parentes indicados pelos próprios colaboradores. “A hotelaria está em plena ascensão no Brasil, por isso nossa parceria com o Fohb é fundamental. Os alunos estão muito contentes com o resultado dos cursos”, afirma Khouri.

Todos os alunos também são preparados para realização de exames oficiais e conclusivos, fornecidos por órgãos oficiais do governo. Os certificados de conclusão são oferecidos pelas Secretarias de Educação de todo o Brasil. Mais informações sobre os cursos e parcerias do Fohb podem ser obtidos com Fabiana Ribeiro, analista de projetos da entidade, pelo tel. (11) 3527-9484 e fabiana@fohb.com.br.indústria

Cardápio tradutor
Se a hotelaria está investindo em cursos online para aumentar a qualificação de serviços, a indústria de TI está criando ferramentas digitais também para o setor de restaurantes que podem auxiliar a vida dos atendentes. É o caso do Cardápio Bilíngue (http://www.cardapiobilingue.com.br), criado pela empresa SoftNow. Funciona assim: os clientes utilizam o próprio smartphone ou tablet para acessar o QR code do restaurante e recebem instantaneamente o seu cardápio atualizado na tela do dispositivo, com todos os produtos e preços traduzidos para o idioma que o proprietário do estabelecimento desejar. Uma inovação bem-vinda para simplificar o trabalho de garçons e maitres, principalmente em véspera de Copa, com estrangeiros chegando

cardápio digital oi