Home > Acontece > Acontece no Mercado > Pequenas empresas podem gerar grandes oportunidades

Pequenas empresas podem gerar grandes oportunidades

Por Fernanda Bottoni

Os jovens só querem saber de trabalhar em grandes empresas. Foi essa a conclusão do levantamento feito pelo Nube que apontou que mais da metade dos entrevistados quer uma colocação em organizações gigantes e renomadas, contra apenas 20% que têm interesse em pequenas empresas no momento de escolher onde estagiar ou trabalhar.

O resultado é endossado por Rafaela Gonçalves, analista de treinamento do Nube. “Percebemos essa preferência muito claramente durante a processo seletivo”, afirma. Isso ocorre, segundo Rafaela, principalmente porque eles atrelam a marca da empresa a possíveis vantagens em relação a cargos e salários.

“Muitos nem sabem exatamente o que a empresa faz, apenas conhecem sua marca e, por isso, já acham que terão muitas oportunidades e chegarão mais rápido a um cargo de liderança”, diz ela. “Eles querem ser chefes no menor prazo possível.”

Na vida real, ela garante, as coisas não costumam ocorrer dessa forma, principalmente nas empresas com estruturas maiores. “Trabalhar em uma empresa grande não significa ter sucesso imediato”, afirma. “Pelo contrário, quanto maior a empresa, maior também a competitividade entre os seus funcionários.”

Nas pequenas empresas, por outro lado, mesmo o trabalho do estagiário tem mais visibilidade, o que pode aumentar suas chances de efetivação e até acelerar seu desenvolvimento. “Elas oferecem acesso fácil aos gestores e são as mais propícias para quem almeja possibilidade de crescimento”, diz Rafaela.

Além disso, ela ressalta, a competitividade interna é bem menor. “Mostrando um bom desempenho, a retenção dos colaboradores é mais viável.”

Como consequência do desprezo pelas pequenas, muitos jovens perdem a oportunidade de entrar no mercado de trabalho. Isso porque, só em 2013, de acordo com dados do Sebrae, com base em informações do Ministério do Trabalho, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por 88,3% dos novos empregos formais gerados no país.

Dados consolidados
O estudo do Nube foi desenvolvido entre os dias 20 e 31 de janeiro, com 17.819 jovens entre 15 e 26 anos. A pergunta era “Onde você preferia trabalhar ou estagiar?” e os votantes tinham quatro opções: “Grande empresa”, “Multinacional”, “Órgãos públicos” e “Pequena ou média empresa”. A primeira e segunda alternativas somaram 58,9%, ou seja, 10.502 votos. Em terceiro lugar, ficou “Órgãos públicos”, com 21,06%. A última opção obteve 20,01%, cerca de 3,5 mil votos.