Home > Acontece > Acontece > Acontece no Mercado > Conseguir emprego depende de conhecimento, habilidade e atitude

Conseguir emprego depende de conhecimento, habilidade e atitude

Veja como se preparar para conquistar a vaga que você tanto quer

por Lígia Velozo Crispino*

Quem está tentando conseguir emprego precisa ficar atento a sigla CHA, que significa Conhecimento, Habilidade e Atitude – três fatores imprescindíveis para conquistar a vaga que você tanto quer.

Neste momento complicado porque o país está passando, as empresas têm buscado os resultados necessários por meio da contratação de profissionais extremamente qualificados que não representem um alto custo para a folha.

Elas afirmam, no entanto, que muitos jovens com menos de 24 anos não têm habilidades e bagagem suficientes que justifiquem uma contratação. Em parte, isso acontece por conta das falhas no sistema educacional para formação de profissionais no Brasil.

Para se preparar, é preciso cuidar desses três quesitos citados acima. Veja como fazer isso.

Como se preparar para conseguir um emprego novo

1. Adquira conhecimento

Conhecimento é o saber teórico. Há inúmeras maneiras de adquirir conhecimento: cursos de graduação, pós-graduação, especialização, técnicos, de extensão, de capacitação profissional, palestras, treinamentos etc. Além disso, há muito conteúdo gratuito na Internet.

O problema do conhecimento é que o sistema educacional brasileiro apresenta muitos problemas. Mesmo sendo ensino superior seja mais acessível já há vários anos, o mercado não consegue absorver essa mão-de-obra, porque o sistema educacional brasileiro não prepara o aluno para a vida profissional. o ensino é pautado no desempenho em provas e vestibular.

2. Desenvolva habilidades

Habilidade é o saber fazer. A fim de desenvolver habilidades, é preciso colocar em prática todo o conhecimento adquirido. Habilidade é saber fazer, entender como e onde aplicar o conhecimento.

3. Tenha atitude

Atitude é o querer fazer, a ação. Muitos recrutadores afirmam que preferem um candidato que tenha atitude de sobra, mesmo que não tenha o conhecimento, pois é mais fácil adquirir conhecimento para desenvolver as habilidades do que mudar comportamentos inadequados.

Emprego novo mesmo na crise? Sim – e pode ser bom!

Nem sempre é fácil almejar uma mudança de empresa em períodos recessivos. Mesmo assim, segundo pesquisa do The Boston Consulting Group, realizada com 13.000 profissionais em 13 países, incluindo o Brasil, há várias razões para a busca de nova colocação no mercado. A grande maioria tem procurado empregos que proporcionem maior satisfação. Eles querem:

  • compensação
  • oportunidade de crescimento
  • equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Além disso, a pesquisa registrou uma média de 9 semanas para a etapa de pesquisa e busca por emprego no Brasil e 7 semanas para a participação em todas as etapas do processo seletivo, ou seja, cerca de 4 meses na melhor das hipóteses.

Daqueles brasileiros que quiseram e conseguiram mudar de emprego, a pesquisa detectou o seguinte nível de satisfação na nova empresa:

  • 7% disseram que a satisfação piorou
  • 16% disseram que se manteve inalterada
  • 77% disseram que houve melhora

Por fim, quanto aos canais de busca de emprego que foram mais importantes para a recolocação dos entrevistados no Brasil, o resultado foi:

  • Sites de emprego 29%
  • Indicações de colegas e familiares 21%
  • Redes sociais 15%
  • Mídia impressa  9%
  • Contato direto com a empresa  8%
  • Agências de terceirização  6%
  • Indicações de ex-alunos  2%
  • Outros  8%

Já há vários anos, muitos dos processos seletivos são conduzidos, parcial ou totalmente, pelos sites de emprego como o VAGAS.com.br. No entanto, não adianta nada se cadastrar e apenas esperar o emprego aparecer. O que você tem feito pelo seu CHA (Conhecimento, Habilidade e Atitude)?

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.

Lígia Velozo Crispino, fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas. Graduada em Letras e Tradução pela Unibero. Curso de Business English em Boston pela ELC. Coautora do Guia Corporativo Política de Treinamento para RHs e autora do livro de poemas Fora da Linha. Colunista do portal Exame.com. Organizadora do Sarau Conversar na Livraria Martins Fontes Paulista.