Home > Acontece > Acontece no Mercado > A primeira impressão é a que fica?

A primeira impressão é a que fica?

Especialista diz como reverter este sentimento com o chefe no trabalho

por Heloisa Valente

Sabe aquele ditado que diz: “a primeira impressão é a que fica”? No mercado de trabalho ele não deve ser levado tão ao pé da letra, ainda mais quando essa antipatia está relacionada ao chefe. Mas como agir para desfazer uma imagem negativa? Olga Tessari, psicóloga e escritora, diz que o primeiro passo é entender a situação que causou tal impressão.

Ela explica que a antipatia pode ser resultado de várias situações ou atitudes, por isso, entender o contexto daquilo que foi presenciado e levou a formação de uma má primeira impressão é essencial. “Nunca devemos fazer pré-julgamentos. Observar as pessoas dentro e fora do ambiente de trabalho ajuda a conhecê-las um pouco mais e a entender algumas atitudes”, afirma.

Em uma situação hipotética, ao presenciamos o chefe sendo ríspido ao cobrar um colega de trabalho por resultados, na frente de outros colaboradores, é possível que essa ação seja mal vista por todos da equipe. Nesse caso, diz Olga, “podemos discordar com o modo agressivo, mas devemos observar que esse jeito pode ter sido a única forma que ele encontrou de se impor diante dos subordinados”.

Concordando ou não com a situação, uma dica importante para tentar reverter essa antipatia é não levar para o lado pessoal os problemas vivenciados no ambiente de trabalho. “Ninguém é 100% certo e, nesse caso, pode ser que o chefe estava em um mal dia. Por outro lado, se a confirmação é a de que ele é sempre assim, hostil ou um algoz no trato com as pessoas, o jeito é aprender a lidar com o seu temperamento difícil”, sugere.

Pós-expediente x primeira impressão

A psicóloga diz que muitos funcionários sofrem com as atitudes grosseiras e individualistas dos seus superiores e se lamentam por isso, ocasionando insatisfação no trabalho, insegurança e até baixa produtividade. “É comum isso acontecer com as pessoas que transpõem as atitudes do mundo corporativo para a vida pessoal. O ideal é separar os dois lados e sempre analisar o contexto de cada situação”, reitera.

Para melhorar a relação com os colegas de trabalho e promover qualidade no clima organizacional, tentar reverter uma má primeira impressão do chefe pode ser uma boa estratégia. “Sabemos que modificar o jeito de ser das pessoas é tarefa descartada, então, a saída é tentar conhecer um pouco mais desse superior no trato com seus familiares e amigos”, comenta Olga.

Outra dica, diz ela, é tentar estar com ele além do ambiente de trabalho, como no almoço, por exemplo. “Observar como ele age fora do escritório pode revelar traços da sua personalidade que estarão presentes em qualquer situação, seja ela ligada ao trabalho ou à vida pessoal”, explica.

“Dessa forma, conhecendo um pouco mais dele, ficará mais fácil construir um relacionamento de trabalho saudável. A regra é observar cada situação e tentar se adaptar ao seu modo de agir. Ouvir sempre os dois lados de uma situação é ponto chave para formarmos opinião ou modificá-la em relação às pessoas”, conclui.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.