Home > Acontece > Acontece > Acontece no Mercado > 6 lições do futebol para a carreira

6 lições do futebol para a carreira

É possível aprender muita coisa com os jogos do mundial. Confira!

por Ana Lisboa*

Aproveitando a vitória do Brasil sobre o México, decidi falar sobre as lições do futebol que podemos aproveitar na carreira.

Futebol é assim. Uns gostam, outros não. Uns torcem, outros não.

Uns querem parar para ver o jogo e comemorar o resultado positivo até cansar. Outros acham tudo isso uma bobagem.

Só não é possível discordar de que o mundial está aí, só vai acabar daqui a uns dias, e nós, que não somos do mundo do futebol, não ganhamos nada com isso além de aprendizado, se olharmos para o evento com olhos corporativos.

Quer saber o que o futebol pode ensinar para sua vida profissional? Confira!

6 lições do futebol para a carreira

1) Jogue pela camisa do seu time

Sabemos que os grandes craques de bola do futebol defendem seus países (e muitos deles são jogadores naturalizados) e que, depois que o torneio acaba, cada jogador volta para o time onde atua como profissional do mundo dos esportes. Portanto, o que importa é que, ao vestir a camisa, cada jogador em campo seja o melhor em seu posto “de trabalho” e entregue resultados.

2) Viva a diferença!

Os esportes aproveitam a diversidade humana em sua totalidade, unindo diferentes perfis, alturas e, principalmente, habilidades em favor do time.

3) Atue no presente com foco no futuro

Sim, um dia de cada vez, mas com visão de alcance no resultado futuro. Isso é possível escolhendo qual pessoa do time vai atuar em cada momento, poupando quem não está em sua melhor fase e, acima de tudo, vencendo uma batalha de cada vez para enfim comemorar a vitória pela guerra.

4) Visão de fora do campo

Sabemos que, no dia do jogo, o técnico e sua equipe de suporte ficam fora do campo, orientando e direcionando, sem jamais chutar a bola e fazer o gol. Se cada um ocupa seu papel e segue as orientações estratégicas do líder, tudo funciona.

5) Um por todos e todos por um

Assim como no futebol, empresas são compostas por equipes. Posicionamento, envolvimento, preparo e ação de nada adiantam se não há equipe. Unir esforços e competências faz uma melhor disputa, com resultados mais positivos do que entrar em campo sozinho.

6) Jogue limpo

Mesmo que a punição não venha na hora, que nada aconteça no momento, não vale a pena arriscar sua imagem “pisando no tornozelo” do adversário quando ele estiver caído fora do campo. Não coloque sua carreira inteira em risco por um erro assim. Jogue limpo – SEMPRE.

E, finalmente, se você não gosta de futebol, acha tudo isso uma bobagem, está no seu direito, mas reclamar e tornar o momento negativo são atitudes que só prejudicam sua relação com os colegas. 

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.

*Ana Lisboa é coach de Vida e Carreira.