Home > Carreira > Qualidade de vida > 7 hábitos que você pode mudar para evitar ansiedade na quarentena

7 hábitos que você pode mudar para evitar ansiedade na quarentena

É possível alterar algumas coisas na sua rotina para sobreviver a este período de crise
Como evitar ansiedade na quarentena

Livrar-se de alguns maus hábitos profissionais é uma estratégia eficiente para evitar estresse e ansiedade na quarentena. E veja que não são hábitos muito complicados de resolver. Parar de pular refeições (mesmo estando em home office) e de dar desculpas para não fazer o que deve ser feito são alguns deles. Quer ver?

Mudar alguns hábitos ajuda a afastar ansiedade na quarentena

1. Pare de pular refeições

Mesmo que você esteja em casa, ocupado, sob pressão, por favor, pare para se alimentar adequadamente. Mantenha horários regulares para as refeições principais e, entre elas, faça uma pausa de pelo menos 15 minutos para um lanche. Todos os dias, ok?

2. Por que sofrer todo domingo à noite?

No domingo, você começa a sofrer pensando em tudo o que precisa fazer na segunda-feira e em tudo o que deixou de fazer na semana anterior? Não precisa ser assim. Você pode se organizar melhor para não deixar tarefas pendentes. E pode começar a semana preparando um café da manhã especial – mesmo que seja apenas para você. Por que não?

3. Não insista nos momentos improdutivos

Se você não estiver rendendo em determinado momento, tente levantar da cadeira, tomar um café ou dar uma volta pela casa (se estiver em home office). Você pode, sim, perder alguns minutos preciosos nessa atividade, mas vai ser mais fácil recuperar esse tempo perdido do que as horas improdutivas que você vai passar olhando para o computador se apenas insistir em continuar na mesma posição.

4. Pare de procrastinar

Procrastinação é aquela mania de deixar tudo para depois – especialmente aquelas tarefas mais complicadas e assustadoras que a gente precisa fazer. O problema é que essa prática, além de ser improdutiva, pode aumentar a sua ansiedade na quarentena. Portanto, parar de adiar é uma ótima estratégia para tirar esses projetos indesejáveis da sua lista de coisas a fazer – e, consequentemente, da sua cabeça. Encare o desafio e acabe logo com o problema.

5. Não adianta trabalhar doente

Se você estiver doente, precisa cuidar da saúde e passar mais tempo descansando (de verdade). Especialmente em tempos de crise do coronavírus, se você ainda não estiver trabalhando a distância, não vale a pena arriscar a sua saúde e a dos colegas só para demonstrar o quanto você é engajado no trabalho. Evite sair se arrastando para o escritório quando você mal estiver conseguindo se manter em pé. Fique em casa.

6. Converse com colegas da empresa

Você gosta dos colegas, mas deve ficar em casa. Certo? Todos devemos. No entanto, a tecnologia ajuda a manter vivo o contato com colegas, que é indispensável para sua carreira e até para sua vida social. Não perca oportunidades de criar e alimentar relacionamentos que podem ser bons tanto profissional quanto pessoalmente. Você não precisa fazer um call com o escritório, mas pode se esforçar para estar virtualmente presente na vida de quem é importante para você.

7. NUNCA ignore sua rede de contatos

Um hábito comum e péssimo para a carreira é só lembrar de fazer networking quando você quer um favor ou está procurando emprego. É seu caso? Comece agora mesmo a dedicar mais tempo e atenção a pessoas que estão sempre dispostas a ajudar quando você precisa. Faça contato com ex-colegas, pergunte como eles estão. Em tempos difíceis, esse tipo de cuidado não faz mal a ninguém.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.