Home > Carreira > Evolução profissional > Novo emprego: manual de sobrevivência para profissionais

Novo emprego: manual de sobrevivência para profissionais

Veja como você pode se preparar para ficar menos estressado nos seus primeiros dias
Homem chega feliz ao novo emprego

Começar um emprego novo pode ser bem estressante. Você não conhece as pessoas, não sabe como as relações funcionam e não está acostumado com o ambiente. Com alguns cuidados, no entanto, é possível minimizar esse mal-estar e se adaptar com mais facilidade. Quer ver?

Iniciar um novo emprego: o que fazer e os primeiros desafios

O primeiro dia de trabalho em um novo emprego é um misto de alegria e desafios. Você se sente feliz por começar um novo desafio, o que é excelente. Ao mesmo tempo, você não sabe para onde deve ir, com quem deve falar e nem sabe muito bem o que deve fazer. Também não conhece ninguém e não sabe como as relações ocorrem no ambiente. 

O que fazer? Para começar, você precisa obter essas informações, se possível até com antecedência. Dias antes de começar, pergunte ao seu contato na empresa quem você deve procurar ao chegar lá e para onde deve ir.

Como se dar bem no novo emprego?

Existem três passos principais para se dar bem no emprego novo. Eles são observar, aprender e pedir ajuda (sempre que necessário). 

Outras recomendações são, obviamente, tratar todos de forma amigável e educada, nunca recusar um convite para o almoço ou um café com o colega e jamais participar de fofocas. Nos primeiros dias, o melhor é ouvir muito e falar pouco.

Também é muito importante entender o que esperam de você ali e quais são as pessoas com quem você deve interagir.

Quanto tempo para se adaptar ao novo emprego?

Três dias, duas semanas? Não… Os especialistas afirmam que um profissional pode levar de três a seis meses para se adaptar ao novo emprego. Portanto, tenha paciência e cautela nessa hora. 

Novo emprego: como sobreviver aos primeiros dias (ou meses)

Como a fase de adaptação não costuma ser fácil para ninguém, criamos um pequeno manual de sobrevivência para os seus primeiros dias no novo emprego. Confira. 

1. Acorde mais cedo 

Se você vai começar a trabalhar presencialmente, considere o trânsito, seu nervosismo extra e até algum imprevisto pelo caminho especialmente no primeiro dia. Vale a pena perder alguns minutos de sono para não ter de se estressar com alguma possibilidade de atraso.

Se o trabalho for remoto, vale a mesma dica. Ainda que você não vá pegar trânsito, vale a pena acordar mais cedo do que seria necessário, tomar o café da manhã com calma, se arrumar e checar a conexão à internet com antecedência. 

2. Converse com as pessoas e se enturme

Ter alguns colegas que tirem suas dúvidas no emprego novo pode salvar a sua vida. A dica é tentar ser simpático e amigável desde o início para conquistar a simpatia da equipe e poder contar com sua ajuda especialmente no começo. 

Só é preciso lembrar que eles também têm suas tarefas e provavelmente não terão o dia todo para tirar suas dúvidas. Tente distribuir as perguntas entre várias pessoas para não sobrecarregar ninguém.

3. Saiba como se apresentar

Para facilitar a comunicação com os (curiosos) novos colegas, prepare-se para fazer uma pequena apresentação sobre você. Nada além de 30 segundos que contem quem você é e onde estava antes de chegar à empresa. 

Esteja preparado também para explicar o que você fará na nova posição. É possível que alguém comece uma conversa com essa pergunta.

4. Entenda a cultura da empresa 

Um bom primeiro passo para se adaptar ao novo emprego é entender a cultura da empresa. Como? Observando. 

Veja como as pessoas se tratam (elas são formais ou informais), como costumam fazer as reuniões (são objetivas ou gostam de conversar sobre assuntos variados?), como se vestem, como enviam e-mails (copiam todos da equipe, respondem sempre ou quase nunca?). 

Preste atenção também se as pessoas contam piadas no café, se almoçam em grupo, se ficam em silêncio a maior parte do tempo. A ideia é não destoar – pelo menos não por enquanto. E, se for convidado para almoçar com alguém, aceite e agradeça.

Tudo isso faz parte da cultura e você precisa entender como ela é para se encaixar. 

5. Converse com seu chefe ou líder

Esperar o chefe ou o líder vir até você dizer o que deve ser feito – e como deve ser feito – pode ser muito frustrante, principalmente se você não sabe por onde começar.

Uma estratégia mais eficiente pode ser ir até ele e tirar suas dúvidas. Tente ser específico sobre o que precisa saber, evitando perguntar simplesmente o que você deve fazer. 

Lembre-se que por mais ocupado que esteja, ele quer que você seja produtivo e tenha sucesso.

6. Mostre disposição para novos desafios no trabalho

Você não precisa chegar sabendo tudo, principalmente sobre o funcionamento da empresa. O mais importante é que você tenha disposição para aprender e aceitar novos desafios. 

Pode parecer tudo muito difícil no início, mas lembre que é apenas o começo e que tudo tende a ficar mais fácil com o tempo. 

Por outro lado, mesmo que você saiba muito bem o que deve fazer na função que ocupa, é importante não passar uma imagem de arrogância. Nunca é tarde para descobrir novas formas de fazer outras coisas. E, vale lembrar, ninguém sabe tanto que não tenha o que aprender. 

O que fazer quando o novo emprego não agrada?

É possível que, nos primeiros dias, você se sinta desconfortável no emprego novo. Isso não significa automaticamente que seja um emprego ruim ou que você tomou a decisão errada ao aceitar a proposta. 

Toda fase de adaptação é difícil – mesmo nas melhores empresas – e você deve levar isso em consideração. 

No entanto, se essa sensação persistir depois de alguns meses e você de fato não tiver motivação para levantar da cama e trabalhar todos os dias, pode ser o caso de tomar algumas atitudes. 

Se isso acontecer com você, confira o nosso post O que fazer quando o novo emprego não era o que você esperava.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.