Marketing de Recrutamento ajuda a atrair melhores talentos

Há tempos que contratar os melhores talentos do mercado não é fácil. Mesmo em momentos de crise as empresas travam verdadeiras batalhas para atrair os profissionais mais adequados para ocupar suas vagas e obter melhores resultados de forma geral. E nesse cenário, cada vez mais o conceito marketing de recrutamento ganha visibilidade.

Não é à toa que uma pesquisa da Society for Human Resource Management (SHRM) aponta que, para mais de metade dos profissionais de RH dos Estados Unidos, o maior desafio da próxima década deve ser obter capital humano.

As empresas vêm entendendo que apenas publicar anúncios de vagas daquele modo tradicional para atrair o maior número possível de candidatos – mesmo que eles pouco ou nada tenham em comum com a empresa ou o cargo em questão – é uma estratégia equivocada, que gera perda de tempo e também de recursos financeiros, tanto com o processo de recrutamento quanto com a possível contratação errada.

O que é marketing de recrutamento

O papel do marketing de recrutamento é pensar no desenvolvimento, na definição e na divulgação da marca do empregador por meio de anúncios de vagas. Dessa forma, ele ajuda a descobrir e promover os diferenciais da empresa que fazem dela um bom lugar para o profissional trabalhar. A ideia é converter potenciais candidatos em contratações efetivas, da mesma forma que o marketing tradicional se propõe a converter prospects em clientes.

O objetivo no entanto, não é apenas o de atrair candidatos que atendam aos requisitos básicos das vagas, mas também que tenham valores e características pessoais alinhados à cultura da empresa, principalmente para que esse relacionamento seja bem- sucedido e de longo prazo.

Na prática, esse esforço é conduzido por meio de anúncios com conteúdo criativo que utilizam novas mídias para atingir os profissionais certos e convencê-los a se candidatar. Por isso é importante posicionar a marca de forma favorável em relação à concorrência e criar descrições de cargos atraentes que desde o início estejam alinhadas aos valores e à cultura da empresa para chamar a atenção dos profissionais mais alinhados a ela. O esforço inclui o bom uso do e-mail marketing, a otimização da ferramenta de busca (search engine optimization) e o social recruiting (ou recrutamento nas redes sociais, em português). Há empresas utilizando também ferramentas de CRM e aquisição de talentos para anunciar vagas e manter contato com candidatos qualificados.

Também faz parte da estratégia cuidar atentamente da marca do empregador nas redes sociais. É cada vez mais comum que profissionais pesquisem sobre as empresas antes de disputar uma de suas vagas e, nesse mar de oportunidades, empregadores com marcas fortes levam vantagem no quesito confiabilidade. Candidatos costumam se interessar e confiar mais em empresas que têm marcas já reconhecidas.

A tendência está clara e compreender esse movimento ajuda a desenvolver um material de recrutamento muito mais efetivo para sua empresa. Aquele antigo anúncio de vaga, com “cara” de receita de bolo, está totalmente fora de moda.

 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"