Home > Dicas > 7 dicas para ativar seu networking

7 dicas para ativar seu networking

7 recomendações que vão te ajudar a manter uma boa rede de contatos

por Fernanda Bottoni*

Não basta ser um bom profissional. Para crescer na carreira você vai precisar – e muito – descobrir como fazer networking. O nome pode até ser um pouco assustador, mas, na prática, não é nenhum bicho de sete cabeças. Confira as dicas da coach Flávia Lippi e comece agora mesmo a cuidar da sua rede de contatos.

7 dicas para ativar seu networking

1. Contatos que já passaram por sua vida

Um bom começo para o networking é buscar contatos de ouro que já passaram pela sua vida e se perderam em algum momento. “Você pode retomar a conversar com um velho amigo e, no aniversário dele, por exemplo, conhecer um outro amigo que trabalha na sua área”, explica Flávia. Aqui valem amigos de escola, ex-chefes, colegas de faculdade e até aqueles antigos vizinhos com quem você tinha a maior amizade.

Encontrar essas pessoas, hoje em dia, com tantas mídias sociais à disposição, não vai ser nenhum grande problema. “Já vi casos em que um profissional localizou seus amigos de infância e criou um grupo no WhatsApp.

2. Tenha histórias em comum

Encontradas as pessoas, uma boa forma de resgatar esses contatos é contar histórias comuns que faziam vocês rirem em alguma época. Mas atenção: não tente fazer isso com pessoas com quem você não tinha afinidade ou chegou a ter algum problema de relacionamento. “Esses problemas não se resolvem sozinhos só com o passar do tempo.”

3. Encontrando pessoalmente

Fora das mídias sociais também é necessário fazer networking, claro. É possível, por exemplo, que você encontre um antigo colega em um restaurante. A dica é ir até ele, sim, e se apresentar para que ele se lembre de você. A dica é ser muito gentil nessa hora e observar se sua atitude não está incomodando ninguém. Ao menor sinal de constrangimento, peça desculpas pelo incômodo e retire-se antes de forçar a barra.

4. Deve existir o interesse mútuo

Segundo Flávia, é fato que um relacionamento só cresce se existir interesse mútuo. Portanto, se você perceber que a outra parte não está genuinamente interessada, desista e parta para outra. Isso também vale para pessoas por quem você não tem interesse – não insista. O melhor é se concentrar em relacionamentos bons (e agradáveis) para ambos os lados.

5. Converse sobre o mercado de trabalho

Se você retomar um antigo contato com um colega de escola, por exemplo, e souber que ele está agora trabalhando em uma empresa que te interessa, não há problema em perguntar se ele pode dar algumas dicas ou indicar seu nome para uma vaga específica. “Desde que você deixe claro que entende perfeitamente se a pessoa não puder ajudar”, diz Flávia.

6. Contatos ainda desconhecidos

Agora, se estiver fazendo o primeiro contato com alguém que você ainda não conhece, você deve explicar quem é, o que faz, como chegou até ele e por qual motivo. “Você não pode telefonar para uma pessoa que nunca viu e dizer que ele é fofo e você adorou um livro que ele leu”, recomenda Flávia. Bom senso nunca é demais para fazer um networking.

7. Rede de contato deve ser ativa

Outra dica muito importante é entender que a rede de contatos deve ser alimentada sempre – e não apenas quando você precisa de alguma coisa. Afinal quem lembra dos amigos só para pedir ajuda certamente perde pontos e amizades.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.

*Fernanda Bottoni é jornalista e escreve sobre carreira e mercado de trabalho há 15 anos.